Poeta e escritor cubano Felix Contreras participa do Sarau de Poesias da Lagoa do Nado nesta quinta

A Fundação Municipal de Cultura apresenta, dia 25, às 19h, “Sarau de Poesias” no Centro Cultural Lagoa do Nado, com a presença do poeta, escritor e jornalista cubano, Felix Contreras. O tema do sarau deste mês é a obra do poeta Carlos Drummond de Andrade e, para homenageá-lo, o Centro preparou ainda a exposição “Um Olhar Sobre Drummond” com telas inspiradas nas obras do mestre itabirano. A entrada é gratuita.

Há 13 anos, poetas, amantes da poesia, estudantes, jovens e pessoas de todas as idades se reúnem para soltar o verso nas noites das últimas quintas-feiras de março a novembro. Sob a coordenação do poeta, performer, percussionista, gestor cultural, pesquisador de cultura brasileira e sociólogo Ricardo Evangelista, o Sarau de Poesias conta com a participação de diversos poetas declamando obras de autoria própria ou de outros poetas. O encontro promove a troca de experiências entre os autores e possibilita a reflexão sobre suas produções literárias.

Além da poesia escrita ou recitada, o espaço se abre a performances e intervenções plásticas e musicais com o objetivo de enriquecer ainda mais a experiência dos participantes. Convidado especial O poeta cubano Felix Contreras participa pela primeira vez do sarau. Abandonado pela mãe aos cinco anos de idade sofreu com a escravidão, a fome e a insegurança das ruas sob a ditadura do general Fulgencio Batista. Por volta dos 20 anos, integrou uma célula clandestina da guerrilha cubana. Hoje, Félix ministra palestras e aulas sobre a cultura cubana em diversos países. Entre as dezenas de livros publicados estão: El fulano tiempo, Cuaderno para el que va a nacer, Corazón semejante al tuyo e Album de la vida. Suas obras também incluem os títulos de música: Porque tienen filin (sobre a canções misturadas com o jazz) e Música cubana: uma cuestíon personal e Yo conocí a Benny Moré — que reúne textos sobre a vida de um dos maiores expoentes da música cubana.

Um Olhar Sobre Drummond 

A exposição em cartaz no Centro é de autoria da artista plástica Maria José Millard. Acontece até o dia 9 de maio no Espaço Multimeios Mestre Orlando e é inspirada nas obras de Carlos Drummond de Andrade. Segundo ela, a mostra surgiu da vontade de homenagear Itabira e seu mais ilustre cidadão – Carlos Drummond de Andrade. “Quem vai a Itabira, respira Drummond. Acabei me apaixonando e aliando pintura à poesia”, revela a artista.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Os Grandes projetos na Amazônia e seus impactos

De volta à Pangéia: um dos contos DESnaturalizados de Brenda Mar(que)s Pena do Imersão Latina