Postagens

Mostrando postagens de Março, 2010

Exposição Madrid Mirada reúne fotos de 14 latino-americanos sobre a capital espanhola

Imagem
Por Clarice Mendes, Interface Comunicação
A pluralidade de olhares sobre uma mesma cidade e uma reflexão sobre a particularidade do fazer artístico por meio da fotografia. É o que o público vai encontrar na mostra Madrid Mirada, que será aberta no dia 31 de março, no Centro de Arte Contemporânea e Fotografia da Fundação Clóvis Salgado. Até o dia 30 de abril, Belo Horizonte vai conferir os trabalhos de 14 fotógrafos latinoamericanos, cada um de um país distinto – incluindo o Brasil - que durante uma semana percorreram as ruas de Madrid e registraram suas impressões sobre a capital espanhola.

A mostra é uma realização da Fundação Clóvis Salgado e do Instituto Cervantes, órgão oficial do Governo da Espanha e difusor mundial da cultura hispânica. A entrada é franca.

No dia 31 ainda acontece, às 19h uma aula aberta com o mineiro Eustaquio Neves, representante do Brasil na mostra. O tema do encontro é Experimentos de autor, e a aula acontece no Teatro João Ceschiatti, no Palácio das Artes, com …

Festa de posse da nova diretoria do Vale Mais terá apresentações musicais e poéticas

Imagem
O VALEMAIS – Instituto Sociocultural do Jequitinhonha, com sede em Belo Horizonte, elegeu sua nova diretoria para o biênio 2010/2011, a qual tomará posse em evento solene e festivo, a se realizar no Lapa Multshow, na Rua Álvares Maciel, 312 – telefone 3241-2074, nesta capital, no dia 29 de março de 2010, segunda-feira às 20 horas com entrada franca.

Durante o evento haverá lançamento do projeto “Nosso Canto Vale Mais Jequitinhonha” e não faltará tempo para uma bela cantoria e intervenções poéticas.
Intervenção Poética: Brenda Marques Pena, Clevane Pessoa, Lívia Tucci, Tânia Diniz, Bilá Bernardes, Gonzaga Medeiros e Cláudio Bento Cantoria : Rubinho do Vale, Frei Chico, Pedro Moraes, Wilson Dias, Walter Dias, Arlindo Maciel, Gustavo Guimarães, Lígia Jacques, Carlos Farias, Lucinho Cruz, Joaci Ornelas, Bilora, Carlinhos Ferreira, Raphaela Magalhães e Maria LetíciaVocê é nosso convidado, lembrando ser importante a sua presença, por comungar conosco os mesmos ideais de desenvolvimento de noss…

Seminário do Projeto Parabólica orienta sobre financiamento e diálogos para projetos de difusão da cultura afro-brasileira

Imagem
A Fundação Palmares em parceria com a Secretaria de Estado de Cultura de Minas Gerais e a Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Fundação Municipal de Cultura, realizará nos dias 29 e 30 de março o Seminário do Projeto Parabólica no Teatro Aparecido de Oliveira, na Biblioteca Pública Estadual Luiz de Bessa (Teatro José Aparecido Oliveira – Praça da Liberdade, 21 – Funcionários). As inscrições para participar do seminário podem ser feitas pelo site www.palmares.gov.br.
O Projeto Parabólica tem por finalidade promover o diálogo direto entre o governo e os agentes sociais interessados no desenvolvimento de políticas públicas e projetos que promovam e disseminem a cultura afro-brasileira. Coordenado pelo Departamento de Fomento e Promoção da Cultura Afro-brasileira (DEP), da Fundação Cultural Palmares (FCP), vinculada ao Ministério da Cultura (MinC), o Parabólica visa buscar caminhos diretos e simplificados para viabilizar a ação interativa e dinâmica da cultura negra. Com a criação des…

Programa Conexão Artes Visuais da Funarte recebe projetos até 8 de maio

Imagem

Hoje é dia de Teatro do raiar ao pôr do Sol

Imagem
Convidamos todos vocês para o evento e pedimos que nos ajudem a divulgar para os amigos! Serão quatro espetáculos GRATUITOS neste sábado, na Praça de Santa Tereza, comemorando o Dia Mundial do Teatro!As informações completas do evento estão disponíveis em nosso site: www.galpaocinehorto.com.br

Conto Sete em Ponto do Instituto Aletria está de volta com Yepá - avó do mundo

Imagem

5º. Concurso Internacional de Minicontos e Poesia Mulheres Emergentes está aberto

Imagem
O 5o. Concurso Internacional de Minicontos e Poesia ME comemora o vigésimo ano (2009) de existência do mural poético Mulheres Emergenpes, o sensual em cartaz. Idealizado pela escritora Tânia Diniz, e agora editado por ela e a escritora Ana Carol Diniz, em Belo Horizonte - MG - Brasil, é uma publicação trimestral, em formato de poster, que enfatiza o feminino e o sensual nas artes. Circula no país e exterior. As inscrições podem ser feitas até 31 de março de 2010.
Regulamento:
Para homens e mulheres
1. Trabalhos inéditos recebidos em português ou espanhol.
2. a. Máximo de 03 minicontos e/ou 03 poemas inéditos, com máximo de uma lauda (26/28 linhas), digitados ou datilografados em papel ofício, espaço dois, em 01 (uma) via, sob pseudônimo, além de enviados para o email: 5concursoME@gmail.com
b. Dados pessoais (nome, endereço, e.mail, telefax, profissão, RG, pequena biografia, etc) em envelope lacrado, externo, apenas pseudônimo e nome da obra, e em outro e.mail em anexo.
3. Tema livre.
4. Ins…

Está aberta a temporada do riso em comemoração ao dia nacional do circo

Imagem
O dia nacional do circo é 27 de março, mas a companhia Terceira Margem e convidados antecipam a comemoração nesta terça-feira, às 9h30 no Centro Cultural Padre Eustáquio (rua Jacutinga, 821, na feira coberta do Padre Eustáquio, Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil).
A farsa do palhaço conta historias de mil vidas -quando ri, às vezes chora é humano, sente dor(...)
-(fragmento)
Clevane Pessoa Vice-presidente do Instituto Imersão Latina

22 de Março: Dia Mundial da água

Imagem

Especial 21 de março: Dia Mundial da Poesia

Imagem
Poeta Peregrino do Vale do Jequitinhonha(Poema de Lucia Welt para o poeta Cláudio Bento)

Acompanho, poeta, teus passos, tuas andanças nas Gerais como o Inconfidente tramando a Liberdade e me orgulho de ti.
Acompanho tuas confabulações, teus arrazoados tuas contas de poeta pouco práticas que fazem os contadores e os burocratas sorrirem abanando as cabeças e me orgulho de ti
Acompanho daqui, tão de longe, do fundo do meu Pampa tuas peregrinações tuas incansáveis andanças no Vale dos teus sonhos dos sonhos de tua infância imperecível e me orgulho de ti
Acompanho tuas pausas, teus silêncios mas também tuas risadas de indizível prazer grande lúdico que és e sábio em teu hedonismo quilombola e me orgulho de ti
Acompanho daqui da extensa pradaria ondulada, teu caminhar pelos vales entre montanhas pelas várzeas dos sinuosos rios dos canoeiros celebrados de teus poemas reais e me orgulho de ti
Acompanho tuas visitas aos artesãos humildes, aos poteiros às rendeiras aos violeiros aos santeiros a quem encomendas um São Jorge Ogun …

Especial 21 de marzo: día mundial de la poesia

Imagem

Especial 21 de Março: dia mundial da poesia

Imagem
BRANCA PAIXÃO

Fui ao encontro de ti,
Antártica degelada.
Pedi licença à generosa natureza
desse branco continente
e te assaltei.
Temia-te, é verdade.
Mas no verão
te fazes
por demais sedutora,
irresistível até.
Pedras negras de larva,
desnudadas se oferecem a inquietos olhos.
Mares quase sempre revoltosos
- travessia de Drake –
fingem mansidão de abraço.
E cada homem,
cada mulher que em ti aporta
em louco desejo de te descobrir,
de ti possuir
perscrutam tuas entranhas,
tuas correntes marinhas,
teus bandoleiros animais,
teu gelado calor de aconchego.
Instrumentos de precisão a postos
querem saber por que tão pura és,
apesar de enlouquecida de prazer.
Guardas segredos.
Exiges PACIÊNCIA!
Não te recusas a copular com o saber,
a te deitares com quem preserva o amanhã.
Mas não aceitas a “casa de mãe Joana”,
de quem pisa no teu solo.
Exiges RESPEITO!
Bela Antártica desnudada,
protege-te dos predadores
com tua inóspita natureza.
E juro devolver-te
em leis, recursos e louvores
essa doce paixão que provocastes.

Jô Moraes
Céus do Brasi…

Especial 21 de Março: dia mundial da poesia

Imagem
E Agora, Maria?

E agora, Maria? Acabou a festa, A bolsa caiu, Apagaram-se as luzes... Esquentou a Poesia... Depois esfriou O povo sofreu De bolso vazio... E agora, Maria? Onde anda você?
És inominável? Musa que zomba, Que vê a novela, Que dança e samba... Que des.faz o ver.só, Protesta, declama Ama e reclama... Clama por amor... Você onde anda? Maria, e agora?
Está sem carro Perdeu o concurso Não veio o consórcio O sócio sumiu, O táxi atrasou Perdeu o juízo Dói o dente siso E tudo parou... Já não pode andar Não há mais sorriso, O bicho pegou... Nada aconteceu A vida passou, O tempo correu, O sonho desveio Virou pesadelo... E agora? Quer parar de fumar, Sorver a cerveja, Água de beber Ver a natureza... Quer sobreviver Ao caos e a dor... Veio a tempestade, E tudo morreu E tudo acabo

Especial 21 de Março: dia mundial da poesia

Imagem
Sobre Poesia

__?! __...acontece, que o ar em torno de mim é fluida poesia que respiro e entorno. Pois que respiro a prece total, energia da palavra que sentencia meu ardor , minha vontade de uma saudade que não houve, de um querer que não me coube. Meu sonho sonoro escorre e resvala em semitonado coro pelas faltas e valas do desejo oscilante, frases vacilantes de não ditas falas. Ah! As oscilações da alma! Ah! O suplício que acalma, no doce engano de tudo querer dizer da vida e ser... ...ai... Num só plano!...

Elane Tomich

http://lunaeamigos.com.br

Especial 21 de Março: dia mundial da poesia

Imagem

Especial 21 de marzo: día mundial de la poesia

Imagem

Especial 21 de Março: dia mundial da poesia

Imagem
Poesia Nossa de Todos os Dias
Poesia nossa que estás na alma de cada ser, mesmo em botão... Bendita sejas, pois trazes calma ao corpo, mente e coração... Dir-me-ás, tu, transloucada amiga, que o coração do corpo é parte; responder-te, espero que consiga, com tal pergunta, não com arte: Onde reside tua emoção? Na cabeça, no tronco ou membros? Dirás, então, "No coração!" Busco lembranças, meus relembros e já aflita, contendo a ânsia, volto ao passado, retorno ao ontem, chegando aos dias de minha infância... Em meu pensar, que se defrontem, ao sabor do vento, hoje e outrora: raios de sol se pondo, som plangente... raios de sol, nascendo a aurora!... Vejo-me eu, lápis da mão pendente, a escrever na lousa ou no papel... a reinventar histórias... fantasia... fadas, duendes, Rapunzel! A rabiscar meus versos... poesia!... Aos borbotões, da profundeza de meu ser, jorra-me a palavra em profusão: rio... correnteza... só idéias de minha lavra... só para matar a sede e a fome do escrever: dizer e contar... sendo que a…

Especial 21 de Março: dia mundial da poesia

Imagem

Especial 21 de março: Dia Mundial da Poesia

Imagem
POÉTICAA antiga fadiga navega em ondas circulares No dia da poesia ora filosofa ora versa Querida viu o bem-te-vi cantando Inebriada está Canto vai canto vem Abaixa a guarda
escute o verso.
Neusa Ladeira

Especial 21 de Março: dia mundial da poesia

Imagem
A Voz das Minhas Mãos Pede-me moderação a mão destra Como se possível fosse emudecerOs gestos que anseiam o toqueDedilhado pelos caminhos da escritaQuando são os versos precipício e refúgioA canhestra emoção entorna dos dedosIgnorando a vigília do comedimentoOu a calma que me indica a ponderaçãoA palavra em mim é sempre expostaInquieta e nua, engolindo silênciosTenho na ponta dos dedosO lado de dentro do peitoO verso e anverso do que não seiMeu viés e reverso confessosSou de dizeres fartos e incontidosQue se lançam impulsivos no papelNo abismo de linhas desconhecidasMinha caligrafia não acalenta brisasDescobre-se e sabe-se em ventaniasEscrevo sempre intensamenteComo se a última palavra fosseE na voz de cada letra