Fórum Social Mundial encerra suas atividades na Tunísia mas a busca por outro mundo possível continua


 

O Conselho Internacional do Fórum Social Mundial se reuniu na Tunísia nesta segunda-feira. A reunião ocorreu um dia depois do encerramento oficial das atividades do FSM.

Abaixo segue o relato da Rita Freire, da Ciranda de Comunicação Compartilhada e integrante do Conselho Intermacional sobre como foi o Fórum e de quais as prioridades para os que buscam um outro mundo possível.

Tivemos um excelente forum mundial de midia livre, com muito debate sobre radios comunitárias, apropriação tecnológica e articulação do movimento internacional pelo direito à comunicação, dando a largada para a construção da uma Carta Mundial da Mìdia livre, com princípios a serem observados e temas comuns às distintas lutas pela comunicação mundo afora. O processo seguirá pelo site www.f

Seguimos na perspectiva de novas conexões e muita gente já trabalhando em etapas futuras

O FSM também terminou fortemente pautado pelas urgências do mundo árabe, com grande apelo para que o debate sobre o Sahara venha para o centro do processo e a libertação da Palestina seja uma obrigação do movimento mundial por outro mundo possível - onde quer que ele aconteça.

O conselho internacional tende a tornar-se mais aberto, e para isso os grupos se formaram planejando portas, janelas e avenidas para os novos movimentos sociais e muito respeito pelas lutas históricas travadas pelos movimentos sociais organizados, que estão também falando alto no mundo árabe.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Os Grandes projetos na Amazônia e seus impactos

De volta à Pangéia: um dos contos DESnaturalizados de Brenda Mar(que)s Pena do Imersão Latina