Pular para o conteúdo principal

Livro de poesias editado pelo Imersão Latina será lançado em São Paulo no próximo sábado

Nós da poesia reúne cerca de 30 autores premiados que trabalham pelo fazer poético em movimentos culturais

O IMEL organizou o livro “Nós da Poesia”, em parceria com a editora All Print, de São Paulo para mostrar a importância do
coletivo na difusão da poesia e da cultura da paz. Mais que uma coletânea de poemas essa antologia é uma reunião de poetas que
trabalham pelo fazer poético em organizações e movimentos
culturais.
A antologia poética organizada pelo Instituto Imersão Latina (IMEL) será lançada 31 de outubro em São Paulo, com recital de poesia e música no Espaço Cultural Antonio Adolpho, no Jardim Saúde.


“Começamos pelo Brasil e no próximo ano faremos uma edição com poetas de todos os países da América Latina. A cada livro publicado pelo IMEL traremos um destaque infantil “Criança não é Brinquedo”. O deste ano é Jéssica Araújo, que mostra aos 12 anos um futuro promissor como poetisa”, explica Brenda Marques, Presidente do Instit uto Imersão Latina.
O livro já está à venda no site da editora All Print. Parte do valor da venda da antologia e dos quadros de
Neuza Ladeira, expostos no Cozinha de Minas serão revertidos ao Projeto Criança Não é Brinquedo, do Instituto Imersão Latina, que este ano adotou dois projetos do Morro dasPedras como beneficiários: o Projeto Reconstruir, onde sou voluntária dando aulas semanais de literatura na biblioteca comunitária e o
Centro Cultural ECO das Pedras, onde damos suporte de comunicação trabalhamos na captação de recursos para um projeto
de d
ança e de inclusão digital com crianças e adolescentes de famílias de baixa renda.

Nós da Poesia foi lançado na Bienal Internacional do Livro, no Rio de Janeiro no dia 11 de setembro com um ato poético pela paz, em um memorial às vítimas do golpe militar de 1973 no Chile e aos
atentados de 2001 nos Estados Unidos. Esse volume reúne mais de 30 autores e duas homenagens: à poetisa e contista goiana Cora
Coralina, no aniversário dos seus 120 anos e ao poeta e radialista mineiro Vicente Lima. A publicação foi lançada também em Belo Horizonte, dia 18 de outubro e deve passar ainda por Brasília, em dezembro, Aracaj
u e Montevideo, Uruguai, no próximo ano. A
idéia é fazer uma festa poética em cada cidade dos autores
participantes.

Autores da antologia: Angela Togeiro, Aníbal Albuquerque, Avelin Rosana, Bilá Bernardes, Brenda Mars, Carmem
Cristal, Cláudio Márcio,
Clevane Pessoa, Dimythryus, Filipe Marks,
Graça Campos, Helenice Rocha, Iara Abreu, Jéssica Araújo, Karina
Campos,
Lívia
Tucci, Lucas Guimaraens, Luciana Campos, Luciana Tannus, Luiz Lyrio, Marco Llobus, Maria Moreira, Marta Reis, Nina Reis,
Neuza Ladeira, Regina Mello,
Rosângela Ferris, Silvia Motta, Soninha Porto, Tânia Diniz, Rosa Pimentel, Roberto Bianchi, Terezinha Romão, Vagnér Santo e Vicente Ferrer.

Serviço:
Evento: Lançamento do livro Nós da Poesia.
Local: Espaço Cultural Antonio Adolpho
All Print Editora e Gráfica Ltda.
Rua Ibituruna, 550 - Jd. Saúde - São Paulo -
SP (próx. Estação Saúde do Metrô).
Fones: (11) 2478-3413 / 2478-3414 / 2478-3415 / 2478-4479

Informações para imprensa: (31) 32276869 (31) 88119469
brendajorn alista@gmail.com
Brenda Marques PenaJornalista, mestre em literatura pela UFMG e Presidente do Instituto Imersão Latina (IMEL).

Capa do Livro, com arte da artista plástica Iara Abreu
Fotos de recitais do Nós da Poesia por Brenda Marques e Filipe Marks

Comentários

Jose Araujo disse…
Brenda, recebi seu convite com alegria e estarei presente ao lançamento em São Paulo!

Obrigado pelo carinho do envio!

Sucesso a todos!

José Araújo

autor/escritor

Postagens mais visitadas deste blog

Tropofonia do IMEL ganha prêmio Roquette Pinto de rádio-arte!

"É com muita satisfação que a ARPUB e o MinC informam que o projeto Tropofonia: um laboratório de sons e sentidos, proposto pelo Instituto Imersão Latina - IMEL foi selecionado para receber o Prêmio Roqutette Pinto de Fomento à Produção de Programas Radiofônicos, na categoria rádio-arte/experimentação sonora."

COMISSÃO DE SELEÇÃO DO I PRÊMIO ROQUETTE- PINTO
ARPUB - Associação das Rádios Públicas do Brasil

"Nós do Instituto Imersão Latina (IMEL) e do Tropofonia recebemos esta notícia hoje e agradecemos a todos que participaram desse processo de construção coletiva do projeto até aqui. O programa Tropofonia agora será disponibilizado para circular pelas rádios comunitárias e educativas de todo o Brasil. Que essa onda se perpetue por todos os ares da América Latina!"
Brenda Marques Pena, Presidente do Instituto Imersão Latina

A Comissão de Seleção do I Concurso de Fomento à Produção de Programas Radiofônicos - Prêmio Roquette-Pinto foi composta pelos membros:

Patrick Torqua…

Os Grandes projetos na Amazônia e seus impactos

“Realizar uma grande aliança dos quem tem modos de vida ligados a terra, as águas e as florestas, povos indígenas,comunidades de camponeses e ribeirinhos e demais entidades sociais que sofrem os impactos dos grandes projetos na Amazônia e de quem se solidariza com eles, para estabelecer a resistência a diversos níveis, local, regional, nacional einternacional”, é o que sugere uma das conclusões do Seminário Internacional de Grandes Projetos na Amazônia e seus Impactos. As conclusões do Seminário foram publicadas no site do Cimi no último dia 6.


Eis a carta final do encontro:

Nós, membros de Movimentos Sociais e Organizações Indígenas da Amazônia Brasileira, Peruana e Boliviana e do Conselho Missionário Indigenista – Cimi, reunidos no “Seminário Internacional de Grandes Projetos na Amazônia e seus Impactos”, nos dias 2, 3 e 4 de junho de 2010, na cidade de Rio Branco, estado do Acre,

Considerando:

1) Que os grandes projetos da IIRSA(Iniciativa para Integração da Infra-Estrutura da América …

De volta à Pangéia: um dos contos DESnaturalizados de Brenda Mar(que)s Pena do Imersão Latina

De volta à Pangéia* Quem sabe a arte console hoje todos os corações solitários carentes da real beleza muda dos materiais e cores dos sonhos, como intocáveis desejos do querer. Esse era o último apelo de Péricles: viver um deja vu de emoções. Assim as lembranças tomavam o chá das onze com ele todos os dias, como se cada gota tivesse o gosto de um amigo ou amante distante. E foi assim todos os finais de noite, até que a terra se transformou novamente na Pangeia, quando não havia essa divisão entre continentes. E no meio desse emaranhado de terras Péricles viajou no tempo, provocando a erupção de mil vulcões até que a lavra do amor queimou para sempre os corpos…. Brenda Mar(que)s Pena durante lançamento de DESnaturalizados. Foto: Marja Marques *Miniconto do meu livro (DES)naturalizados. Exemplares à venda por R$ 15,00 no Coletivo Contorno (avenida do Contorno 4640 – sala 701, bairro Funcionários) e na Casa Leopoldina (rua Leopoldina 357, bairro Santo Antônio). Peça também pelo e-mail: co…