Fala Escritor com Sangue Novo e Literatura em Braile


Em setembro o Fala Escritor recebe Jerusa Maria Ferreira de Souza para falar de literatura em braile. De acordo com o site Bahia em Foco “Jerusa nasceu no município de Amélia Rodrigues (BA). Aos oito anos de idade, ingressou no Instituto de Cegos da Bahia, onde cursou o primário. A escritora participou de congressos, seminários e encontros, além de proferir palestras em colégios e empresas sobre sua vivência com necessidade especial e desafios enfrentados ao longo de sua trajetória”.

LANÇAMENTO

O livro “Sangue Novo: 21 poetas baianos do século XXI”, organizado por José Inácio Vieira de Melo é uma coletânea com textos de 21 poetas nascidos a partir de 1980, baianos ou radicados na Bahia. A apresentação dos poetas e do livro será feita pelo poeta Luís Antonio Cajazeira Ramos.
Dos autores da obra dez residem em Salvador: Alexandre Coutinho, André Guerra, Bernardo Almeida, Fabrício de Queiroz Venâncio, Gabriela Lopes, Gibran Sousa, Priscila Fernandes, Saulo Moreira, Vânia Melo e Vanny Andrade. Caio Rudá Oliveira, Georgio Rios e Ricardo Thadeu são de Riachão do Jacuípe. Clarissa Macedo e Lidiane Nunes residem em Feira de Santana. Edson Oliveira e Érica Azevedo moram em Santo Estevão. Gildeone dos Santos Oliveira é de Retirolândia. Janara Soares é de Barreiras. Vitor Nascimento Sá é de Maracás. Daniel Farias reside na cidade de São Paulo.

MÚSICA

A participação musical fica por conta de Jandiara Barreto e Rodrigo Ribeiro, músicos e poetas. Gibran Souza, um dos 21 poetas, também recita e canta. Nesta edição do FALA, ele vai dar uma canja pra lá de animada para a galera que curte a boa música baiana.

PROJETO

O Fala Escritor começou através da iniciativa do escritor e historiador Leandro de Assis. A ele se juntaram vários outros poetas e atualmente a equipe é composta por Leandro de Assis, Valdeck Almeida de Jesus, Renata Rimet, Fau Ferreira, Carlos Souza, Pinho Sannasc, e Cymar Gaivota. Desde o início o Fala Escritor é sucesso, devido à grande demanda por espaços onde os escritores possam expressar o que pensam, fazer intercâmbio de informações, declamar ou simplesmente ler seus escritos. Outro fator importante para o crescimento do projeto é a união da equipe em prol da literatura. A credibilidade do trabalho se fortalece com a parceria com a Livraria Saraiva, que cede o espaço gratuitamente. Numa comunhão de esforços dos poetas, escritores, jornalistas, administradores, historiadores e filósofos, ganha a poesia.

Serviço:
O que: Fala Escritor – Sangue Novo e Literatura Braile
Onde: Livraria Saraiva Mega Store do Shopping Iguatemi.
Quando: Dia 10 de setembro (sábado) a partir das 18h.
Entrada: Grátis
Informações: (71) 8831-2888 / 8805-4708 / 8122-7231
www.falaescritor.blogspot.com

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Os Grandes projetos na Amazônia e seus impactos

Tropofonia do IMEL ganha prêmio Roquette Pinto de rádio-arte!

De volta à Pangéia: um dos contos DESnaturalizados de Brenda Mar(que)s Pena do Imersão Latina