VII Concurso Nacional PoeArt de Literatura recebe inscrições até 20 de abril


Por Jean Carlos Gomes*

Estão abertas até 20 de abril as inscrições para o VII Concurso Nacional PoeArt de Literatura – 2011 para premiar autores, maiores de dezoito anos, amadores ou profissionais, somente residentes no país, na categoria: Poesia, em língua portuguesa, tendo como objetivo principal a descoberta de novos autores e o intercâmbio cultural entre os participantes.

Inscrições:

Será cobrada uma taxa de inscrição no valor de R$ 15,00 (quinze reais), podendo inscrever até cinco poesias por meio de depósito bancário em favor de Jean Carlos da Silva Gomes, Caixa Econômica Federal (Lotéricas). Agência: 0197 – Operação: 013 Conta poupança: 00023654 – 8 Em caso de DOC. CPF 081.601.567-82

Ao efetuar a sua inscrição, o autor estará concordando com as regras do Concurso, e, se selecionado, autorizando a publicação dos trabalhos no livro Vozes de Aço – IX Antologia Poética de Diversos Autores – 2011. Em caso de cópia indevida e demais crimes previstos na Lei do Direito Autoral, será responsabilizado judicialmente.

Tema e Apresentação:

- O tema é livre.
- Cada autor poderá inscrever de uma a cinco poesias (versos livres ou poema com forma fixa), cada uma em uma página, inéditas ou não, máximo de até 30 versos cada – as que se excederem serão desclassificadas -, fonte Times New Roman, corpo 12, digitadas somente em um dos lados da folha, onde deverá constar o título de cada poesia. Não é necessário pseudônimo. Se for enviar pelos correios:
- Uma via de cada trabalho, no mesmo envelope, mais um CD com as poesias gravadas e uma foto de perfil recente em alta resolução.
- Em anexo um envelope menor, lacrado, sem qualquer identificação do lado de fora, contendo:
- Nome completo, nº do RG, nome do concurso, títulos dos trabalhos, endereço completo, dados biográficos
(no máximo dez linhas), telefone e e-mail.
- As obras que chegarem sem esses dados não serão consideradas inscritas.
- Todos os trabalhos enviados (selecionados ou não) serão incinerados, após a divulgação do resultado.

Forma de Inscrição:
As obras deverão ser enviadas (preferencialmente pela INTERNET para: poearteditora@gmail.com) ou pelos correios, juntamente com o comprovante original do depósito, para: PoeArt Editora: Caixa Postal: 83967 – Cep: 27255-970 – Volta Redonda – RJ.

Premiação:
Os cinco melhores poemas serão publicados sem qualquer ônus no livro Vozes de Aço – IX Antologia Poética de Diversos Autores – 2011, e cada um dos cinco autores premiados receberá 3 exemplares da obra pelos direitos autorais, diploma e sua foto na contra capa do livro
A partir do 6º trabalho selecionado, os autores serão convidados a participar do livro pelo sistema de cooperativismo.

*Jean Carlos Gomes
Organizador e Editor
(24) 33389883
E-mail: poearteditora@gmail.com
http://poearteditora.blogspot.com

Comentários

“Navegar nas águas da poesia, voar nas asas da imaginação, foi isto que nos proporcionou a PoeArt Editora com sua iniciativa em promover Concursos Literários periódicos. Assim surgem novos talentos a cada publicação e os antigos se aprimoram. E esses versos vão penetrando mansos na alma de quem os lê, qual sol morno em manhãs orvalhadas. Mais uma vez, Jean Carlos, parabéns e obrigada!"
Anna Maria Avelino Ayres – Poços de Caldas – MG

Participar de iniciativas como esta da PoeArt Editora é um grande prazer, ainda mais tendo meu poema entre os escolhidos. Os concursos da editora são o tipo de trabalho que enriquece a Literatura Brasileira, dando oportunidade a novos escritores de publicarem e mostrarem seus textos.

Carla Soares Corrêa – Pelotas – RS

O meu comentário é insignificante em relação à dimensão dos objetivos e porte da PoeArt, que consegue alcançar países, que por sua vez, contém culturas variadas. Tento acompanhar os seus concursos, pois, nem sempre me é concedida a oportunidade de perceber o dinamismo diário dos eventos. Agradeço a gentileza dos convites que facilitam o meu acompanhamento e me incentivam a continuar escrevendo. Espero por muito tempo que a PoeArt tenha vida longa para o enriquecimento das culturas universais e para descobertas de futuros escritores que por aí procuram o seu espaço.

Leomária Mendes Sobrinho – Salvador – BA

O VI Concurso PoeArt de literatura vem, mais uma vez, mostrar que as manifestações poéticas são frutos de honrosas participações artísticas. Tantos os poetas selecionados, quantos os premiados estão edificando a poesia, gênero literário que, sem sombra de dúvidas, carrega uma imensa gama de sentimentos, vivências e concepções de mundo. Dessa forma, a literatura será sempre cultuada e edificada, não deixando de ser esquecida como arte de imenso valor e prestígio.

Marcelo Allgayer Canto – Cachoeirinha – RS
Creio que a principal virtude de uma Antologia é a de possibilitar ao leitor o contato com diferentes estilos literários, nas diversas formas de expressão: poesia, crônica, conto. E a Editora PoeArt, na pessoa do idealista Jean Carlos Gomes, através de suas Antologias Poéticas, tem contribuído para um mapeamento interessante da poesia contemporânea no Brasil, já que consegue reunir poetas de lugares tão distantes quão dispares, mas com uma característica comum: o amor à arte.

A poesia nasce em cada recanto quando emoção, inspiração e transpiração se unem e, adornadas pela criatividade de cada autor, reinventam, através das palavras, a beleza que a alma e os olhos pressentem. Boa leitura.
Mário Massari – Sertaõzinho – SP

Poesia sempre

Pela terceira vez consecutiva tivemos a oportunidade de participar dos concursos de poesia promovidos pela PoeArt Editora e, em seguida, das coletâneas que foram editadas para recepcionar as poesias classificadas.

Em todos os certames pudemos constatar que a seriedade e a lisura foram sempre, e rigorosamente, uma constante preocupação dos organizadores, assim como os trabalhos de recepção, apuração e divulgação das peças poéticas classificadas.

Surpreendeu-nos igualmente o bom gosto, a rapidez e a alta qualidade editorial e material com que foram confeccionados os exemplares das coletâneas, de modo a valorizar os trabalhos nelas abrigados, bem como sua imediata entrega aos participantes.

Ressalte-se, por fim, a importância desse tipo de iniciativa cultural partida de uma entidade particular e sem fins lucrativos em um país onde, ainda hoje, são tímidas e escassas as ações governamentais que visem a estimular, fomentar e reconhecer, pela premiação, os cidadãos que se dedicam, com devotamento e esmero, aos caprichosos embates literários, elementos culturais tão importantes - imprescindíveis mesmo! - para o alteamento e destaque de um povo.

Sérgio Pandolfo – Belém – PA

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Os Grandes projetos na Amazônia e seus impactos

De volta à Pangéia: um dos contos DESnaturalizados de Brenda Mar(que)s Pena do Imersão Latina