Ronaldo Werneck leva suas controvérsias de Cataguases para outras partes



Ronaldo Werneck de volta com as suas controvérsias


DAS MINAS DO MUNDO

DÁ-SE O DIA A DIA

FUTEBOL-CINEMA

CANÇÕES-POESIA


Pelé. Baudelaire. Vittorio Gassman. Elizeth Cardoso. Rock. Glauber. Godard. Rimbaud. Zidane. Jim Morrison. Chico Anísio. Ungaretti. Paris. Clarice Lispector. Ferlinghetti. Baden Powell. Roma. Guimarães Rosa. Bossa Nova. Jean Seberg. Apollinaire. Rio. Bethânia. Recife. Vinicius. Frevo. Nelson Cavaquinho. John Huston. João Gilberto. Dino Risi. Paulinho da Viola. Maracatu. Jards Macalé. Cinema Novo. Tennessee Williams. Joyce Moreno. Nouvelle Vague. Nara. Humberto Mauro. Lúcio Alves. Cataguases. Chico Buarque. Maria Alcina. Ary Barroso. Tomate & seus Pepinos & Cães & Gatos.



É do dia a dia de Minas e do mundo – de “futebol e cinema, de canções e poesia” – que trata o novo livro de Ronaldo Werneck, Há Controvérsias 2 – com mais de 500 páginas, todo ilustrado –, dando continuidade às crônicas do livro Há Controvérsias 1, lançado em 2009 pela Editora Artepaubrasil. São textos (vários inéditos) publicados a partir de 2003 na coluna Há Controvérsias, que o poeta e escritor mineiro assina nos jornais Cataguases e O Liberal, de Cabo Verde, e nos blogs Cronópios, Contra o Ventoe Ronaldo Werneck/Há Controvérsias.



“E pergunto, em quieta abstração, em que consiste a estilística de Ronaldo Werneck” – escreve a poeta mineira Lina Tâmega Peixoto, no prefácio de Há Controvérsias 2. “Talvez, a habilidade de jogar com as palavras, uma provocação lúdica às formas verbais para alcançar uma linguagem delirantemente estética. Ou o emprego de leves palhas de humor e doce ironia. (...) Tudo servindo à construção das tensões do processo de interpretar as beiradas da vida e do mundo, a delicada e conflituosa experiência da criação, o talento com que Ronaldo Werneck empunha e manobra a beleza, intelectualmente fabricada”.



“E não adiantam as mil notas de pé de página das teorias do tom menor”, diz o escritor e dramaturgo português Cunha de Leiradella. “Ronaldo Werneck entende do seu ofício que nem os cortadores de pedra do antigo Egito entendiam de pirâmides. Procurando os veios do rochedo e abrindo-o nos seus mais guardados segredos, as obras feitas para durar. Sim, escrever é ver. E saber. Saber ver. Ler o mundo, descre/ver. O pensar que se fixa e perdura, se brotado em escritura”.

A Biblioteca Nacional encomendou à Editora Arte Paubrasil nova tiragem do livro Há Controvérsias 1, que será distribuído a bibliotecas de todo o país. Sobre esse livro, disse Zuenir Ventura: “Você não se cansa de me surpreender com essa sua polissemia, polivalência, politalento. Que excelente poeta você é, cara, e que cronista!”. Por sua vez, no texto de apresentação, escreveu Moacyr Scliar: “Humor, talento, grandeza humana: Ronaldo Werneck é tudo isso e muito mais, esteja ele escrevendo sobre política, ou sobre futebol, ou sobre a arte de curtir a vida. Leiam-no e constatem”.



Sobre o autor


Poeta e jornalista, Ronaldo Werneck é mineiro de Cataguases. Participou de várias antologias, a mais recente delas Roteiro da Poesia Brasileira Anos 70 (Global, 2009). Tem seis livros de poemas publicados, entre eles Minerar o Branco (Editora Arte Paubrasil, 2008). Em 2009, publicou Kiryrí Rendáua Toribóca Opé: humbertoMAUROrevistoPORronaldoWERNECK e Há Controvérsias 1, pela Editora Arte Paubrasil.



Título: Há Controvérsias 2
Autor: Ronaldo Werneck
Texto das orelhas: Cunha de Leiradella
Gênero: Literatura brasileira/Crônicas
ISBN: 978-85-99629-34-5
Formato: 16 X 23 cm, brochura
Páginas: 503
Peso: 740 g
Preço: R$ 45,00
Editora Arte Paubrasil

Editora Arte Paubrasil
Rua Caravelas, 187 - Vila Mariana

04012-060 - São Paulo-SP - Brasil
Pabx: (11) 5085-8080


Agenda de lançamentos:

13 de abril, quarta-feira, às 19h
Planet Music - Juiz de Fora/MG
Av. Independência, 1522
Tel.: (32) 3213-9964

14 de abril, quinta-feira, às 20h
Museu da Eletricidade - Cataguases/MG
Av. Astolfo Dutras, 41
Tel.: (32) 3429-2224

18 de abril, segunda-feira, às 19h
Livraria da Travessa - Ipanema - Rio de janeiro/RJ
Rua Visconde de Pirajá, 572
Tel.: (21) 3138-9578

26 de abril, terça-feira, das 18h30 às 21h30
Livraria Martins Fontes - Av. Paulista - São Paulo/SP
Avenida Paulista, 509
Tel.: (11) 2167-9900

30 de abril, sábado, a partir das 11h
Livraria Mineiriana - Belo Horizonte/MG
Rua Paraíba, 1419, Savassi
Tel.: (31) 3262 0961

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tropofonia do IMEL ganha prêmio Roquette Pinto de rádio-arte!

Os Grandes projetos na Amazônia e seus impactos