O rock é nossa praia de Carnaval!



Hoje vai ter Grito Rock, o maior festival integrado da América Latina em Itabirito. Ele está sendo realizado desde o dia 19 de fevereiro e até o final, em 28 de março, passará por 132 cidades e 9 países: Brasil, Uruguai, Boliva, Chile, Panama, Costa Rica, Honduras e El Salvador. A expectativa deste ano é que mais de 900artistas se apresentem para um público de aproximadamente 80 mil pessoas.


Os shows em Itabirito começam às 16 horas na tenda atrás da Biblioteca da Praça da Estação.

16:00 - Música com DJ's

17:00 - Banda Cáustico (BH)

18:00 - Peripécias de Epaminondas

19:00 - Supertape

20:00 - Quase Coadjuvante (BH)

Banda Cáustico faz show no Grito Rock

Sábado, 05 de março é dia de tocar na praça da estação! Para quem pensou que a nossa praça, na região central de Belo Horizonte voltou a receber eventos culturais de artistas independentes, se enganou. Frente às regras impostas, que dificultam a ocupação dos espaços públicos pelos artistas na capital mineira, a banda Cáustico vai tocar na Praça da Estação de Itabirito! O show faz parte do Grito Rock, o maior festival de música independente da América Latina, que acontece em várias cidades.

“Em referência ao movimento Praia da Estação e aproveitando a oportunidade carnavalesca, a um show com muito rock e irreverência. Vamos tirar nossas roupas de praia do guarda-roupa e mostrar que já que o mar não está pra peixe em BH, vamos invadir outras praias com nosso som.” (Banda Cáustico)

O protesto da banda está presente na poesia, música e na performance e o Grito Rock Cáustico será ouvido neste fim-de-semana.

Cáustico aposta na mescla de linguagens artísticas na música

A banda Cáustico, ex Caution, completou uma década de existência em 2010 e decidiu se corromper, por que não? Quebrar as barreiras de estilos e trafegar num universo estético sem fronteiras: mesclando música com outras artes: literatura, artes cênicas e artes visuais. E são de experiências diversas no universo sonoro e artístico que as mulheres cáusticas se unem para compor músicas que dialogam mais com o universo do indie-rock, isso para quem quer algum tipo de definição.


A Caution foi uma das primeiras bandas de rock feminina de Belo Horizonte e em 2008 recebeu em São Paulo, o Prêmio GRC Music 2008, na Categoria Revelação. Com duas demos lançadas: “Caution: Think about your like” (2002) e “Caminos” em 2006, material distribuído no circuito alternativo da América Latina: Argentina e Chile e também na Europa: Bélgica e Alemanha, hoje, como Cáustico, com letras em português, a banda acredita que pode alcançar vôos mais altos, pois há uma cena grande para ser explorada ainda e um novo público a ser marcado pelo som destas mulheres roqueiras.


A banda, depois de ter passado por algumas formações, encontrou novas identidades com a união de Brenda Mars (bateria), Polly Alves (baixo) e Pamilla (guitarra e voz). A partir do encontro dessas musicistas passou a produzir um som próprio, fruto da mescla de bagagens diferentes e amadurecimento musical das integrantes que já tiveram várias experiências como artistas. Com esta formação a Cáustico se apresentou edição de Belo Horizonte do festival internacional Lady Fest, ao lado de bandas femininas como Dominatrix. Para o Grito Rock de Itabirito contaremos com a participação especial da vocalista Camila Mattarelli.


A Cáustico mescla nos shows linguagens de outras artes, principalmente performances poéticas, já que a baterista Brenda Mars, tem se destacado no cenário da poesia, com apresentações em várias partes do Brasil e do mundo: Chicago (Estados Unidos), Paris (França), Buenos Aires (AR), Caracas (Venezuela) e Santiago (Chile).


A música Ismália, feita a partir do poema de Alpnhonsus de Guimaraens, single lançado neste final de ano no Myspace (http://myspace.com/bandacaustico) tem recebido aprovação do público e fará parte este ano de um show de homenagem ao poeta simbolista, nos 90 anos de sua morte.

As integrantes da banda Brenda Mars e Pâmilla Vilas Boas são do Instituto Imersão Latina (IMEL) e dos Coletivos Contorno e Pegada, Juntas idealizaram o projeto Música de Fronteira que defende a fronteira como identidade e pesquisa sonoridades na América Latina de grupos que também apostam na mescla como um caminho importante de experimentação e de diálogo intercultural. Muitas trocas culturais e realizações coletivas estão previstas para este ano. As novidades poderão ser conferidas no blog musicadefronteira.blogspot.com e no site imersaolatina.com.

Contatos: bandacaustico@gmail.com
(31) 88119469 (31) 3227-6869 (Brenda Mars)
(31) 87492044 (Pâmilla Vilas Boas)


Crédito da Foto de divulgação: Filipe Marks

--

Banda Cáustico
bandacaustico@gmail.com
www.myspace.com/bandacaustico
www.twitter.com/bandacaustico

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Os Grandes projetos na Amazônia e seus impactos

De volta à Pangéia: um dos contos DESnaturalizados de Brenda Mar(que)s Pena do Imersão Latina