Instalação sonora de 15 artistas da América Latina resgata idiomas indígenas em risco de extinção


A exposição busca colocar as pessoas em contato com a realidade das línguas indígenas. As vozes de 15 idiomas indígenas ameaçados de extinção podem ser ouvidos. Em toda a América Latina cerca de 550 idiomas foram identificados. A mostra inspirada no mito do papagaio de Humboldt, a história conta que o explorador alemão comprou um papagaio de uma etnia do Caribe, mas só depois de um tempo percebeu que o papagaio não falava a língua dos índios da localidade, o animal falava uma etnia que já havia sido extinta.

A instalação sonora de 15 artistas da América Latina resgata idiomas indígenas em risco de extinção. “O Papagaio de Humboldt” se inspira no mito do papagaio que o explorador e naturalista alemão Alexander von Humboldt adquiriu da tribo caribe, em plena selva do Orinoco, em uma das viagens que o levaram a países como Venezuela, Colômbia, Equador, Peru, Cuba e México, entre 1799 e 1804. A exposição busca colocar as pessoas em contato com a realidade das línguas ameríndias e, ao mesmo tempo, apresentar as formas de renascimento que vêm acontecendo nesse terreno.


Curadoria: Alfons Hugh
Idealização: Instituto Goethe

Artistas:

Brasil: Adriana Barreto, Paulo Nazareth – Uruguai: Gustavo Tabares – Argentina: Sofia Medici & Laura Kalauz – Chile: Rainer Krause – Bolívia: Sonia Falcone & José Laura Yapita – Peru: José Huamán Turpo – Venezuela: Muu Blanco – Paraguai: Javier López / Erika Meza – Colômbia: Oswaldo Maciá – Equador: Fabiano Kueva – Guatemala: Sandra Monterroso – Costa Rica: Priscilla Monge – Nicarágua: Raul Quintanilla – Panamá: Orgun Wagua


FONTE:  EBC

O PAPAGAIO DE HUMBOLDT
OI FUTURO FLAMENGO

De 3 de fevereiro a 29 de março | Níveis 2, 4 e 5 e Vitrais
Terça a domingo, 11h às 20h
Entrada franca | Classificação etária: livre

Espaço não abrirá no Carnaval

*O Oi Futuro Flamengo entrará em recesso a partir do sábado de carnaval (14/2) e reabrirá na quarta-feira de cinzas (18/2) ao meio-dia.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Os Grandes projetos na Amazônia e seus impactos

De volta à Pangéia: um dos contos DESnaturalizados de Brenda Mar(que)s Pena do Imersão Latina