Poetas de várias partes do Brasil e da América do Sul se reúnem em Bento Gonçalves


Por Brenda Marques Pena
(Presidente do Instituto Imersão Latina)

O Congresso Brasileiro de Poesia começou nesta segunda-feira. Em todo lugar onde passam os poetas que vem de várias partes do Brasil e alguns também de outros países da América do Sul. Para todo lado se desembolam rodas poéticas, saraus...é um estado permanente de contágio poético. Fico pensando como seria bom se o Brasil fosse governado por poetas e ficássemos livre desta Sarna que pensa ser Rei.


Hoje apresento às 14h, poemas infantis do Trililili Paralelá, de France Grip para crianças em uma escola e logo mais à noite o meu Poesia Sonora, destacando as relações entre poéticas sonoras do Brasil e Itália. Postarei fotos e comentários nesses dias.

O poeta Jidu Saldanha aceita o convite para lamber poema de Brenda Mars do livro Nós da Poesia




Grupo TataMirô: música, poesia e outras intervenções artísticas no saguão do Vinocap




Cacau Gonçalves, Jidu Saldanha e May compartilham noite poética em Bento Gonçalves.



Fotos por Brenda Mar(que)s Pena

Comentários

BilaBernardes disse…
Oi, Brenda! Que legal tudo aí. Até imagino o clima. Dê um beijo na Cacau, no Jiddu e no Barone que vi aí nas fotos.
Abraços,
Bilá

Postagens mais visitadas deste blog

Tropofonia do IMEL ganha prêmio Roquette Pinto de rádio-arte!

Os Grandes projetos na Amazônia e seus impactos