A Poesia Biosonora de Neonão estará hoje no Sempre um Papo


SE VOCÊ FOR EU VOO
http://www.myspace.com/neonaobiosonors/

Os produtores do programa Tropofonia BH, prêmio Roquette Pinto de rádio-arte, pelo Imersão Latina, concedido pela Arpub, com o patrocínio da Petrobras, via lei de incentivo à cultura, estão a todo vapor com suas produções biosonoras. E para difundir o conceito de Poesia Biosonora, que tem sido trabalho por Wilmar Silva e Francesco Napoli, será lançado "Neonão" nesta segunda, 16 de agosto, às 19h3o , na sala João Ceschiatti, do Palácio das Artes.

"E Você sabe o que é poesia biosonora? Nada mais é que a poesia recitada, acompanhada de música. Esta experiência literária musical pode ser conferida no CD verbovocovisual NEONÃO. O álbum traz dezessete faixas, nas quais a poesia é verbalizada em busca de liberdade, na forma de performance artística. Algo entre a fala e o canto, sendo tudo ao mesmo tempo e não sendo nada além da atuação carismática do criador do “Terças Poéticas”, o agitador cultural e poeta Wilmar Silva. Tudo ao som da som da guitarra, arranjos e efeitos do músico Francesco Napoli. Eu falei do CD de poemas Neonão, no qual a poesia fonética se fez poesia sonora, na voz de Wilmar Silva." http://www.sempreumpapo.com.br/mondolivro/?p=3269

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Os Grandes projetos na Amazônia e seus impactos

Tropofonia do IMEL ganha prêmio Roquette Pinto de rádio-arte!

De volta à Pangéia: um dos contos DESnaturalizados de Brenda Mar(que)s Pena do Imersão Latina