Tropofonia estréia nesta segunda na rádio UFMG Educativa



Começa nesta segunda, 06 de abril o Tropofonia Belo Horizonte na rádio UFMG 104,5 FM e via web no http://www.ufmg.br/online/radio/

Tropofonia, um laboratório de sons e palavras é um programa de experimentação sonora que nasceu na cidade de Rosário, Argentina, em fevereiro de 2007. A partir desse mês Belo Horizonte (Minas Gerais/Brasil) passa a ser a sede do programa, com exibição simultânea na Argentina e no Uruguai. A idéia é expandir o projeto para toda America Latina.

"Cada edição está dedicada a um autor de Poesia, Literatura, Teatro, Música ou Cinema. A vida e obra dos artista é apresentada com a liberdade criativa. Utilizando as nossas vozes que se multiplicam em mesclas e nuances de ritmos e velocidades. Trazemos experiências que se cruzam na fusão das línguas espanhola e portuguesa e procuramos explorar os recursos possíveis do rádio, recriando a essência da palavra a partir de um laboratorio de sons ao vivo e em cores", esclarece o idealizador de Tropofonia Sebastián Moreno.
A cada edição Tropofonia recebe um autor, um convidado de Belo Horizonte, Minas Gerais, com uma entrevista permeada com leituras de sua obra. Em parceria com o projeto Terças Poéticas, realizado no Palácio das Artes por Wilmar Silva e Suplemento Literário, traz sempre as novidades que acontecem nos jardins da poesia e surpresas do laboratório de invenção em Constelasons.

Tropofonia em Belo Horizonte, sempre às segundas-feiras, das 23 as 24 horas.

06/04 Alejandra Pizarnik (Argentina).
13/04 Fernando Aguiar (Portugal).
20/04 Leo Masliah (Uruguay).
27/04 Affonso Avila (Brasil)

Com Sebastian Moreno, Laia Ferrari, Wilmar Silva. Tropofonia é uma experiência de trabalho coletivo que revela nas ondas do ar a criaçao artística, um lugar de experimentaçao, produçao e circulação.

Brenda Mars participa do programa no dia 20 de abril como poeta convidada.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tropofonia do IMEL ganha prêmio Roquette Pinto de rádio-arte!

Os Grandes projetos na Amazônia e seus impactos