Ciclo Jornalismo e Literatura debate os 50 anos da ditadura militar no Brasil

Discussões acontecerão durante o Fórum das Letras, que será realizado entre os dias 29 de outubro e 2 de novembro, em Ouro Preto

O Ciclo Jornalismo e Literatura, que compõe a programação do Fórum das Letras de Ouro Preto, já confirmou os participantes desta edição do evento. Seguindo o mote central do encontro, “Escritas em Transe”, o espaço debaterá diversas questões relacionadas, em especial, à ditadura brasileira, já que todos os convidados possuem obras relacionadas à temática ou à opressão, de uma forma mais geral. O Ciclo é coordenado por Marta Maia, professora de Jornalismo da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), responsável pela organização do evento. O Fórum das Letras, cuja programação é inteiramente gratuita, acontecerá de 29 de outubro a 2 de novembro, na cidade barroca mineira.

Audálio Dantas (Presidente da Comissão Nacional da Verdade dos Jornalistas), Daniela Arbex (Tribuna de Minas), Eliane Brum (El País), Luiza Villaméa (Revista Brasileiros), Mário Magalhães (colunista UOL), Natália Viana (Agência Pública), Ricardo Kotscho (Record News) e Zuenir Ventura (O Globo) são os nomes confirmados pela organização até o momento. As mesas programadas debaterão os temas “Escritas do desassossego”, “Escritas da ausência” e “Escritas da experiência” e serão realizadas no Anexo do Museu da Inconfidência. Integra também a agenda uma oficina sobre jornalismo e literatura, ministrada por João Gabriel de Lima (ex-editor da Bravo! e atual editor da revista Época), que participa do Fórum desde as primeiras edições.

Para a coordenadora Marta Maia, a reunião de nomes tão importantes para o jornalismo brasileiro reforça o papel formador do Fórum das Letras. “Temos a intenção de discutir o processo criativo de uma maneira cada vez mais ampla, envolvendo profissionais experientes com estudantes e demais interessados nesta área, que ocupa um papel fundamental para a nossa democracia”, explica.

O evento
O Fórum das Letras de Ouro Preto já confirmou também a presença do africano Kously Lamko, do persa Mohsen Emadi, da espanhola Care Santos e do suíço Patrick Straumann. Entre os brasileiros, já foram anunciados Paulo Markun, Ricardo Kotscho e Zuenir Ventura. As novidades sobre o encontro literário podem ser conferidas no site www.forumdasletras.ufop.br

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tropofonia do IMEL ganha prêmio Roquette Pinto de rádio-arte!

Os Grandes projetos na Amazônia e seus impactos