Pular para o conteúdo principal

Revista Tropofonia en la Feria Internacional del Libro de Cochachamba

En el marco de la Feria Internacional del Libro de Cochabamba, el viernes 8 de octubre presentamos la Revista N° 6 de Tropofonia. El primero en Cochabamba y Bolivia. Los números anteriores salieron en Argentina y Brasil, las otras sedes de Tropofonia.

En esta revista publicamos las siguientes notas:

Entrevista a Quimbando (cbba); Dibujos de Mechas y Victoria Moya (cbba); Música por ATAJO (la paz); Poesía por lAiA (T), Roberto Oropeza (cbba) y Ziwar (capinota); Fotografía por Mara (T) y Yuka Saka (japón); Informes de Lationamérica por Eder Rodrigues (brasil), José David Toro (colombia), Cristiane Grando (rep. dominicana), Diego Trelles Paz (perú), Leo Lobos (chile), Circocodrilo (venezuela), Flor (bolivia); Educación Alternativa por José David Toro; Prosa. De Mitos y Leyendas; Crónica por Virginia Flores (cbba); Medio Ambiente por Jorge Siles (T); Crítica por Leonardo de Magalhaens (brasil); Teatro por Ricardo Eid (tiquipaya); Activismo por Andreane Lussier (canadá).

En la presentación habrá invitados, performances, lecturas, y te regalamos la revista!, y además el vinito pa´ brindar!.
Y para rematarla a los que asistan les dan un ingreso para las actividades de la Feria de Libro que se realizan en el Club Social.

Te esperamos!
Apoya:
Fundación Simon I. Patiño
Feria Internacional del Libro de Cochabamba
Consulado Argentino

http://www.tropofonia.com.ar/
http://www.tropofoniacochabamba.blogspot.com/
http://www.tropofoniabelohorizonte.blogspot.com/
www.facebook.com/tropofonia

El Proyecto Tropofonia esta hoy en cuatro ciudades de cuatro países: Rosário (Argentina), Paloma (Uruguay), Belo Horizonte (Brasil) y Cochabamba (Bolívia). El núcleo Tropofonia Belo Horizonte en parceria con el Instituto Imersão Latina ha gañado este año el Prêmio Roquette Pinto de rádio-arte por Arpub y Petrobras. Los programas gravados van a ser difundidos en radios públicas de Brasil a partir de noviembre. Estamos planeando un encuentro de los nucleos de Tropofonia en enero en Cochabamba.

AGRADECEMOS EL REENVIO DE ESTA INVITACION A LAS PERSONAS TENGAN INTERES. Núcleo Tropofonia Cochabamba.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tropofonia do IMEL ganha prêmio Roquette Pinto de rádio-arte!

"É com muita satisfação que a ARPUB e o MinC informam que o projeto Tropofonia: um laboratório de sons e sentidos, proposto pelo Instituto Imersão Latina - IMEL foi selecionado para receber o Prêmio Roqutette Pinto de Fomento à Produção de Programas Radiofônicos, na categoria rádio-arte/experimentação sonora."

COMISSÃO DE SELEÇÃO DO I PRÊMIO ROQUETTE- PINTO
ARPUB - Associação das Rádios Públicas do Brasil

"Nós do Instituto Imersão Latina (IMEL) e do Tropofonia recebemos esta notícia hoje e agradecemos a todos que participaram desse processo de construção coletiva do projeto até aqui. O programa Tropofonia agora será disponibilizado para circular pelas rádios comunitárias e educativas de todo o Brasil. Que essa onda se perpetue por todos os ares da América Latina!"
Brenda Marques Pena, Presidente do Instituto Imersão Latina

A Comissão de Seleção do I Concurso de Fomento à Produção de Programas Radiofônicos - Prêmio Roquette-Pinto foi composta pelos membros:

Patrick Torqua…

Os Grandes projetos na Amazônia e seus impactos

“Realizar uma grande aliança dos quem tem modos de vida ligados a terra, as águas e as florestas, povos indígenas,comunidades de camponeses e ribeirinhos e demais entidades sociais que sofrem os impactos dos grandes projetos na Amazônia e de quem se solidariza com eles, para estabelecer a resistência a diversos níveis, local, regional, nacional einternacional”, é o que sugere uma das conclusões do Seminário Internacional de Grandes Projetos na Amazônia e seus Impactos. As conclusões do Seminário foram publicadas no site do Cimi no último dia 6.


Eis a carta final do encontro:

Nós, membros de Movimentos Sociais e Organizações Indígenas da Amazônia Brasileira, Peruana e Boliviana e do Conselho Missionário Indigenista – Cimi, reunidos no “Seminário Internacional de Grandes Projetos na Amazônia e seus Impactos”, nos dias 2, 3 e 4 de junho de 2010, na cidade de Rio Branco, estado do Acre,

Considerando:

1) Que os grandes projetos da IIRSA(Iniciativa para Integração da Infra-Estrutura da América …

De volta à Pangéia: um dos contos DESnaturalizados de Brenda Mar(que)s Pena do Imersão Latina

De volta à Pangéia* Quem sabe a arte console hoje todos os corações solitários carentes da real beleza muda dos materiais e cores dos sonhos, como intocáveis desejos do querer. Esse era o último apelo de Péricles: viver um deja vu de emoções. Assim as lembranças tomavam o chá das onze com ele todos os dias, como se cada gota tivesse o gosto de um amigo ou amante distante. E foi assim todos os finais de noite, até que a terra se transformou novamente na Pangeia, quando não havia essa divisão entre continentes. E no meio desse emaranhado de terras Péricles viajou no tempo, provocando a erupção de mil vulcões até que a lavra do amor queimou para sempre os corpos…. Brenda Mar(que)s Pena durante lançamento de DESnaturalizados. Foto: Marja Marques *Miniconto do meu livro (DES)naturalizados. Exemplares à venda por R$ 15,00 no Coletivo Contorno (avenida do Contorno 4640 – sala 701, bairro Funcionários) e na Casa Leopoldina (rua Leopoldina 357, bairro Santo Antônio). Peça também pelo e-mail: co…