Poeta Ferreira Gullar recebe o Prêmio Camões 2010

A Fundação Biblioteca Nacional entrega o Prêmio Camões 2010 ao poeta Ferreira Gullar nesta quinta-feira, 16 de setembro, A cerimônia será no Auditório Machado de Assis da Biblioteca Nacional (Rua México, s/nº, Centro, Rio de Janeiro), às 17h.

O prêmio, no valor de € 100 mil (cem mil euros), é concedido anualmente pela Fundação Biblioteca Nacional, instituição vinculada ao Ministério da Cultura, e pelo Instituto Camões, de Portugal. Gullar foi escolhido pelo conjunto de sua obra, em reunião realizada pelo júri do prêmio, em maio deste ano, no Museu Nacional de Arte Antiga, em Lisboa.

Participam da solenidade o Presidente da Fundação Biblioteca Nacional, Muniz Sodré, representando o Ministro da Cultura do Brasil, Juca Ferreira; o Conselheiro cultural de Portugal, presidente do Instituto Camões e representante do Embaixador de Portugal no Brasil, Sr. Adriano Jordão; e o acadêmico Murilo Melo Filho, da Academia Brasileira de Letras.

Traduzir-se

Uma parte de mim
é todo mundo:
outra parte é ninguém:
fundo sem fundo.

Uma parte de mim
é multidão:
outra parte estranheza
e solidão.

Uma parte de mim
pesa, pondera:
outra parte
delira.

Uma parte de mim
almoça e janta:
outra parte
se espanta.

Uma parte de mim
é permanente:
outra parte
se sabe de repente.

Uma parte de mim
é só vertigem:
outra parte,
linguagem.

Traduzir uma parte
na outra parte
- que é uma questão
de vida ou morte -
será arte?

(Ferreira Gullar)

Conheça mais sobre o autor e sua obra em:
http://literal.terra.com.br/ferreira_gullar

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tropofonia do IMEL ganha prêmio Roquette Pinto de rádio-arte!

Os Grandes projetos na Amazônia e seus impactos