Circuito internacional alternativo de filmes tem exibições gratuitas

O INDIE 2010 – MOSTRA DE CINEMA MUNDIAL exibibe até 9 de setembro em Belo Horizonte 119 filmes, produzidos em 19 países, mais de 27 estreias nacionais, e retrospectivas inéditas do Kiyoshi Kurosawa e Apichatpong Weerasethakul. Na sequência a mostra vai pra São Paulo, com exibições de 16 e 23 de setembro.

As 141 sessões do Indie tem entrada franca. A Mostra Mundial, programa dedicado aos recentes lançamentos do cinema internacional, traz 22 estreias nacionais, entre elas, “Hahaha” de Hong Sang-Soo, “Caterpillar”de Koji Wakamatsu, “A Vida Durante a Guerra” de Todd Solondz, “Orly” de Angela Schanelec, além de toda uma nova safra de diretores americanos como Aaron Katz, Lena Dunham e Matt McCormick. E tem ainda um documentário polêmico da escritora Virginie Despentes sobre o pornô feminista, além de novos diretores romenos e sul coreanos.

A programação completa traz ainda os programas Indie Brasil (cinco filmes brasileiros estreando na cidade, entre eles, os documentários “Leite e Ferro”de Claudia Priscilla, e “Meu Amigo Claudia”de Dácio Pinheiro, além do filme da mineira Marília Rocha, “A Falta que me Faz”); os sete documentários do Música do Underground (incluindo o badalado “Nós Não Ligamos Mesmo para Música”); além dos filmes curtos, autorais e inventivos do programa Cinema de Garagem.

O INDIE 2010 - Mostra de Cinema Mundial tem patrocínio da Oi e Cemig, apoio da Contax e Oi Futuro, através dos benefícios da Lei Estadual e Federal de Incentivo à Cultura e Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Belo Horizonte. É uma produção da Zeta Filmes.

Locais de exibição: Belas Artes Cinema - Rua Gonçalves Dias, 1.581 – Funcionários
Cineclube Savassi - Rua Levindo Lopes, 358 - Savassi
Cine Humberto Mauro - Av. Afonso Pena, 1.537 – Centro
Teatro do Oi Futuro Klauss Vianna – Av. Afonso Pena, 4001 –

ENTRADA FRANCA


Veja a programação completa no site:
http://www.indiefestival.com.br/indie2010/

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tropofonia do IMEL ganha prêmio Roquette Pinto de rádio-arte!

Os Grandes projetos na Amazônia e seus impactos