Especial Dia do Trabalho



O 1º de maio é comemorado há 180 anos. A data foi criada em 1989 duante um Congresso Socialista realizado em Paris que lembrou à greve geral de operários no principal centro industrial dos Estados Unidos em 1886.

Este é um mês para protestarmos contra o desemprego, as más condições de trabalho, a alienação e principalmente contra o trabalho escravo e infantil.

Recebemos várias colaborações de poetas e de movimentos sociais que se mobilizam hoje por essa data. Postaremos ao longo do dia poemas, informações sobre passeatas pela América Latina e fotos. Acompanhe e mande a sua colaboração para brendajornalista@gmail.com.


Trabalha a dor


Ávelin Rosana*

Sentado na praça...
olhar perdido...
Não sei mais se sigo a multidão...
Não escuto mais os gritos da revolução!

Definido pelo meu ofício...
Excluído quando demitido...
Humilhado quando empregado...
Desalmado quando explorado

Mãos cruzadas...
voz embargada...

Não conheço mais meu coração.
Perdeu-se entre as vontades do patrão...
Pés rachados ...
ouvidos mocos...
Cansaço de existir.

De tanto trabalhar
E receber tão pouco...
Desiludido ao sonhar
Marginal se reivindicar
Bandido se quero terra pra plantar...

Vagabundo!
Trabalho a dor...

* Poeta del Mundo, Conselheira do Instituto Imersão Latina, estudante de Ciências Sociais.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Os Grandes projetos na Amazônia e seus impactos

De volta à Pangéia: um dos contos DESnaturalizados de Brenda Mar(que)s Pena do Imersão Latina