Centro Knight para o Jornalismo nas Américas publicou e-book de jornalista argentina com acesso gratuito

A segunda edição do e-book Ferramentas Digitais para Jornalistas, da jornalista argentina Sandra Crucianelli está disponível para acesso gratuito em formato pdf na biblioteca virtual do Centro Knight

Ferramentas Digitais é uma ampla atualização da primeira edição publicada em 2008. Esta versão contém um novo capítulo sobre jornalismo de dados, dá maior ênfase às técnicas mais utilizadas para buscar e processar informações e registra muitas outras mudanças e ferramentas jornalísticas que surgiram nos últimos seis anos. “Este livro é um guia, não tem pretensões de ser uma lista de dicas que devem ser seguidas rigorosamente, mas é meu desejo que elas se tornem um farol para iluminar o caminho dos repórteres que trabalham no ambiente digital”, disse Crucianelli.
Embora existam muitas outras ferramentas disponíveis que não foram mencionadas no livro, Crucianelli selecionou aquelas que são gratuitas, estão disponíveis em espanhol, e/ou não exigem ter que fazer o download da internet, pois podem ser usadas online. “Estamos conscientes de que os jornalistas latino-americanos nem sempre podem comprar ferramentas pagas. Nem sempre eles podem baixar programas em seus computadores nas redações e, além disso, há uma alta percentagem de jornalistas que não lê em inglês. Por isso, a seleção foi feita com base nesses critérios”, acrescentou.
Trabalho colaborativo

A nova edição do Ferramentas Digitais também procura refletir as novas realidades do jornalismo, como a proliferação de jornalistas cidadãos e a necessidade de cada jornalista profissional aproveitar as ferramentas digitais para investigar, filtrar, apresentar e compartilhar informações.

O livro aborda temas como o jornalismo de dados, diferentes tipos de motores de busca, Google e seus produtos, dicas para explorar a web profunda, a mídia social para jornalistas e a verificação de dados nesses meios de comunicação, infografia e gráficos interativos, o movimento Open Data, aplicativos jornalísticos, o uso de smartphones no jornalismo, conceitos básicos de Excel e a construção de tabelas.

O manual também inclui ferramentas para compartilhar áudio e música, fazer petições online, fazer videoconferências, montar linhas do tempo, extrair dados, editar fotos, extrair dados de PDFs, enviar e-mails anônimos e manter-se seguro online.

Esta é a décima-segunda publicação da biblioteca virtual do Centro Knight, que tem sido usada por milhares de jornalistas nas Américas. Entre outros livros, estão disponíveis Cobertura jornalística da migração nas AméricasAs 10 Melhores Práticas para as Redes SociaisConjunto de Guias Éticos para o Jornalismo na Web e Cobertura do Tráfico de Drogas e do Crime Organizado na América Latina e no Caribe.

O Centro Knight lançou a primeira edição de Ferramentas Digitais para Jornalistas, por Sandra Crucianelli, em 2008, em espanhol e português. Esta segunda edição foi organizada em 2013 graças a uma colaboração entre o Centro Knight e o Projeto Moçambique IREX / USAID. Uma edição em português, especialmente para Moçambique, será publicada em breve.

Apoios e parcerias

Sandra Crucianelli é uma jornalista especialista em jornalismo investigativo e jornalismo de precisão, com ênfase em fontes digitais e jornalismo de dados. Desde 2004 ela tem ministrado cursos no programa de Ensino à Distância do Centro Knight. Seus últimos programas de treinamento com o Centro Knight foram o curso online “Ferramentas Digitais para Jornalistas: da web aos dispositivos móveis“, que contou com a participação de 98 jornalistas de 18 países, e o curso online massivo e aberto (ou MOOC), em espanhol, “Introdução ao Jornalismo de dados“, que atraiu cerca de 4.000 estudantes de 60 países.

Crucianelli é membro do conselho consultivo do Centro de Jornalismo Digital da Universidade de Guadalajara, México, ensina no Media Center da Universidade Internacional da Flórida (FIU) e é fundadora do SoloLocal.Info, um projeto de jornalismo online hiperlocal de Bahia Blanca, na Argentina. Além disso, como uma Knight International Journalism Fellow, há dois anos pesquisa o uso de dados abertos aplicados ao jornalismo.

O Centro Knight para o Jornalismo nas Américas foi fundado em 2002 pelo professor Rosental Calmon Alves, titular da Cátedra Knight em Jornalismo e da Cátedra UNESCO de Comunicação da Escola de Jornalismo da Universidade do Texas em Austin. Criado graças a grandes doações da Fundação John S. e James L. Knight, o Centro também recebeu contribuições das Fundações Open Society e outros doadores. O Centro Knight também tem financiado suas operações com o apoio da Faculdade de Comunicação da Universidade do Texas em Austin, doações modestas de outras fundações e do público em geral.

Para fazer uma doação para o Centro Knight e apoiar o trabalho, por favor clique aqui.

Por Centro Knight 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tropofonia do IMEL ganha prêmio Roquette Pinto de rádio-arte!

Os Grandes projetos na Amazônia e seus impactos