Octavio Henrique expõe sua arte digital na Fundação Carlos Drummond de Andrade



A galeria da Fundação Cultural Carlos Drummond de Andrade recebe nesta sexta-feira a exposição “Etéreos Mínimos”, do artista plástico Octávio Henrique Mendes Pena, com curadoria de Victor Hermann Mendes Pena.

São 32 quadros em arte digital, no qual o artista, de apenas 14 anos, solicita que o expectador crie um imaginário no sentido da produção, permeando este correspondente visual. Neste sentido, solicita a atenção ao conjunto da obra, pelas mudanças do território.

A exposição fica aberta à visitação até o dia 15 de novembro,
de segunda a sexta, de 9h às 17h30;
sábado e domingo de 10h30 às 16h30.

Todos os dias às 16 horas participem do Bate papo com o artista,
agende um horário e aprenda técnicas de Arte digital.

Sobre o artista.

Octavio Henrique Mendes Pena nasceu em Itabira. Começou a despertar o desejo e inclinação pelas artes ainda muito cedo. O artista assim é definido pelo irmão, Victor Hermann, curador da Exposição Eteréos Mínimos: “Octávio Henrique tem os olhos sempre a serviço da arte, discriminando, selecionando e movimentando imagens do real para o imaginário, transformando as sensações cotidianas em temperaturas, têmperas e sonoridades sem formalismo e a serem decifradas.”


www.culturaemitabira.com.br
Fundação Cultural Carlos Drummond de Andrade - Itabira/MG - Brasil - Av. Carlos Drummnd de Andrade, 666 - Centro 31 3835-2105

Comentários

angela disse…
bela exposição...... abraços

Postagens mais visitadas deste blog

Tropofonia do IMEL ganha prêmio Roquette Pinto de rádio-arte!

Os Grandes projetos na Amazônia e seus impactos