Pequenos poemas para uma grande dia dos namorados


A

Nas entrelinhas
Te vejo
Entreminhas leituras
Te beijo.


M

Dejame seguir adelante
En mi busqueta constante de veranos
En la tempestade en que tu me amas,
Con mis lágrimas y nuestros errores.


O


A fricção de corpos
Descobrirá o fogo
Do atrito das peles
Amor ardente
Das faíscas
ao incêndio.




R

Quando as linhas evaporarem
Só restará a luz e o perfume
Amiscados com gosto e volume
Dos versos em nosso harém.



Os fragmentos poéticos acima são de autoria de Brenda Mars e podem ser reproduzidos, desde que citada a fonte.
(12 de junho é dia dos namorados no Brasil)

Comentários

Anônimo disse…
esse site e falso eu ja comprei la desde 2009 nao entregaram meu celular

Postagens mais visitadas deste blog

Os Grandes projetos na Amazônia e seus impactos

Tropofonia do IMEL ganha prêmio Roquette Pinto de rádio-arte!

De volta à Pangéia: um dos contos DESnaturalizados de Brenda Mar(que)s Pena do Imersão Latina