Pular para o conteúdo principal

Imersão Latina convoca músicos de América Latina para residencia artística








Residência Artística Imersão Latina



¿Qué es la Residencia Imersão Latina?

Esta es una oportunidad para 4 músicos de diferentes países de América Latina de reunión en una residencia artística en Brasil durante 20 días. La atención se centrará en la investigación , el intercambio cultural y la creación musical de sus experiencias individuales. La propuesta es crear un laboratorio de latinidades, y vivir juntos como ámbito de diálogo entre la tradición y la creación musical contemporánea como plataforma interactiva de las subjetividades . El proceso se grabará en audio que se compilará en un álbum de obras colectivas fruto del trabajo en la residencia. Al final de la obra habrá una actuación musical del grupo.  Dos artistas brasileños también participarán como miembros de la comunidad anfitriona brasileña en Morro das Pedras, Belo Horizonte, Minas Gerais.
¿Dónde?

La Residencia Imersão Latina se levará a cabo en las instalaciones del centro cultural de la Flor do Casvalho ubicada en Cluster Morro das Pedras, en la ciudad de Belo Horizonte, capital de Minas Gerais, en el sureste de Brasil.

El Morro das Pedras surgió en la década de 1950 a partir de la ocupación de los residentes alejados de las favelas en la región y ha sufrido una serie de problemas de vivienda a lo largo de su historia como la infraestructura, el saneamiento, el bienestar y la especulación inmobiliaria. Hoy en día, el grupo cuenta con casi todas las aldeas urbanas y es una de las comunidades periféricas en el lugar de nacimiento, capital del estado de festivales y artistas tradicionales.

Además de la oportunidad de vivir en el ambiente cultural de la agrupación, donde los seleccionados se alojarán en casas de familia, los artistas participarán en la comunidad Flor do Casvalho de las actividades culturales locales (Capoeira, danza africana, percusión) y pueden contribuir con talleres según las propias capacidades de los ministrantes. Flor do Casvalho  tiene un estudio de grabación profesional que atiende a los artistas de la comunidad y lleva a cabo actividades de formación con jóvenes interesados en la producción musical. Este espacio será la sede de las actividades de la residencia.


O que é a Residência Imersão Latina?

A Residência Imersão Latina será uma oportunidade para 4 músicos de diferentes países da América Latina se encontrarem em uma residência artística no Brasil durante 20 dias. O foco será a pesquisa, intercâmbio cultural e criação musical a partir de suas experiências individuais. A proposta é criar um laboratório de latinidades, tendo a convivência como campo de diálogo entre  a tradição e o contemporâneo na criação musical como plataforma interativa de subjetividades. O processo será registrado em áudio que será compilado em um álbum com as obras coletivas trabalhadas na residência. Ao final do trabalho haverá uma apresentação musical do grupo. Participarão também dois artistas brasileiros integrantes da comunidade brasileira anfitriã Aglomerado Morro das Pedras, que está localizada em Belo Horizonte, Minas Gerais.

Onde?

A Residência Imersão Latina acontecerá nas dependências do centro cultural Flor do Cascalho, localizado no Aglomerado Morro das Pedras na cidade de Belo Horizonte, capital do Estado de Minas Gerais, na região sudeste do Brasil.

O Morro das Pedras surgiu na década de 1950 a partir da ocupação de moradores removidos de favelas da região e que passou por uma série de desafios habitacionais ao longo de sua história como infra-estrutura, saneamento, assistência social e especulação imobiliária. Hoje o aglomerado tem quase todas as vilas urbanizadas e é uma das comunidades periféricas da capital mineira berço de festas tradicionais e artistas.
Além da oportunidade da vivência no ambiente cultural do aglomerado, onde se hospedarão em residências familiares, os artistas participarão das atividades do Flor do Cascalho realizadas com a comunidade (Capoeira, Dança Afro, Percussão) e poderão contribuir ministrando oficinas de acordo com habilidades próprias. O Flor do Cascalho possui um estúdio profissional de gravação que atende aos artistas da comunidade e realiza atividades de formação com jovens interessados em produção musical. Este espaço sediará as atividades da residência.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tropofonia do IMEL ganha prêmio Roquette Pinto de rádio-arte!

"É com muita satisfação que a ARPUB e o MinC informam que o projeto Tropofonia: um laboratório de sons e sentidos, proposto pelo Instituto Imersão Latina - IMEL foi selecionado para receber o Prêmio Roqutette Pinto de Fomento à Produção de Programas Radiofônicos, na categoria rádio-arte/experimentação sonora."

COMISSÃO DE SELEÇÃO DO I PRÊMIO ROQUETTE- PINTO
ARPUB - Associação das Rádios Públicas do Brasil

"Nós do Instituto Imersão Latina (IMEL) e do Tropofonia recebemos esta notícia hoje e agradecemos a todos que participaram desse processo de construção coletiva do projeto até aqui. O programa Tropofonia agora será disponibilizado para circular pelas rádios comunitárias e educativas de todo o Brasil. Que essa onda se perpetue por todos os ares da América Latina!"
Brenda Marques Pena, Presidente do Instituto Imersão Latina

A Comissão de Seleção do I Concurso de Fomento à Produção de Programas Radiofônicos - Prêmio Roquette-Pinto foi composta pelos membros:

Patrick Torqua…

Os Grandes projetos na Amazônia e seus impactos

“Realizar uma grande aliança dos quem tem modos de vida ligados a terra, as águas e as florestas, povos indígenas,comunidades de camponeses e ribeirinhos e demais entidades sociais que sofrem os impactos dos grandes projetos na Amazônia e de quem se solidariza com eles, para estabelecer a resistência a diversos níveis, local, regional, nacional einternacional”, é o que sugere uma das conclusões do Seminário Internacional de Grandes Projetos na Amazônia e seus Impactos. As conclusões do Seminário foram publicadas no site do Cimi no último dia 6.


Eis a carta final do encontro:

Nós, membros de Movimentos Sociais e Organizações Indígenas da Amazônia Brasileira, Peruana e Boliviana e do Conselho Missionário Indigenista – Cimi, reunidos no “Seminário Internacional de Grandes Projetos na Amazônia e seus Impactos”, nos dias 2, 3 e 4 de junho de 2010, na cidade de Rio Branco, estado do Acre,

Considerando:

1) Que os grandes projetos da IIRSA(Iniciativa para Integração da Infra-Estrutura da América …

De volta à Pangéia: um dos contos DESnaturalizados de Brenda Mar(que)s Pena do Imersão Latina

De volta à Pangéia* Quem sabe a arte console hoje todos os corações solitários carentes da real beleza muda dos materiais e cores dos sonhos, como intocáveis desejos do querer. Esse era o último apelo de Péricles: viver um deja vu de emoções. Assim as lembranças tomavam o chá das onze com ele todos os dias, como se cada gota tivesse o gosto de um amigo ou amante distante. E foi assim todos os finais de noite, até que a terra se transformou novamente na Pangeia, quando não havia essa divisão entre continentes. E no meio desse emaranhado de terras Péricles viajou no tempo, provocando a erupção de mil vulcões até que a lavra do amor queimou para sempre os corpos…. Brenda Mar(que)s Pena durante lançamento de DESnaturalizados. Foto: Marja Marques *Miniconto do meu livro (DES)naturalizados. Exemplares à venda por R$ 15,00 no Coletivo Contorno (avenida do Contorno 4640 – sala 701, bairro Funcionários) e na Casa Leopoldina (rua Leopoldina 357, bairro Santo Antônio). Peça também pelo e-mail: co…