Terças Poéticas reúne poesia e música no palco, do Teatro João Ceschiatti, do Palácio das Artes nesta semana com Cristiano Lima e Davi Drummond

Cristiano Lima por Naty Rodrigues

O próximo Terças Poéticas, dia 19 de maio, às 19h, será com o músico Cristiano Lima e o poeta Davi Drummond, que farão uma homenagem a Carlos Drummond de Andrade. A apresentação ainda contará com a participação do ator, diretor e dramaturgo Geraldo Octaviano, em uma conversa sobre teatro, arte e Antonin Artaud, intitulada “proesia”. Trata-se de um diálogo que marca o caráter híbrido do Terças Poéticas e abre a possibilidade do debate entre artistas e o público. O evento, idealizado por Wilmar Silva de Andrade, tem produção e realização da Fundação Clóvis Salgado e Anome Livros e apoio do BDMG Cultural.
Davi Drummond vai apresentar seu livro de poesia independente "Torre de Papel" e Cristiano Lima irá interpretar canções de seu disco homônimo. “A ideia é iniciar com as poesias que musiquei para este trabalho, com canções que compus com Alex Duarte, Júnior Almeida, entre outros”, comenta Cristiano.

David Drummond

David Drummond  

Escritor e psicopedagogo acaba de lançar “Torre de Papel”, uma seleção de poemas produzidos entre 2013 e 2015, publicados de forma independente. O livro é uma parceria com a artista plástica carioca, Ellen AJ, que produziu a arte do livro.

Cristiano Lima

Cantor e compositor, natural de Belo Horizonte, onde iniciou sua carreira. A noite, assim como a história de muitos artistas, foi sua primeira escola. Tendo como base de sua formação musical a MPB, se permite flertes com sambas, baladas e blues. Neste trabalho de estreia interpretou canções dos compositores Alex Duarte, Edison Eloy, Júnior Almeida e Rodrigo Starling, além de composições próprias em parceria com Bilá Bernardes, Edison Eloy e Rodrigo Starling.

Geraldo Octaviano

Mestre em Artes – Teatro, com pesquisa em História do Teatro em Belo Horizonte pela Escola de Belas Artes da UFMG. Dirigiu, entre outros, os espetáculos: Parada do Trem; Na Comédia de Edgar, Alan põe o Bico; Galileu Galilei, Eppur si muove. É também ator, produtor e já fez projetos de iluminação para diversas peças. 


Antonin Artaud

Foi um poeta, ator, escritor, dramaturgo, roteirista e diretor de teatro francês de aspirações anarquistas. Ligado fortemente ao surrealismo, foi expulso do movimento por ser contrário à filiação ao partido comunista. Sua obra O Teatro e seu Duplo é um dos principais escritos sobre a arte do teatro no século XX, referência de grandes diretores como Peter Brook, Jerzy Grotowski e Eugenio Barba.

Wilmar Silva de Andrade

Wilmar Silva de Andrade, poeta, performer, editor, curador, multiartista, natural de Rio Paranaíba, Triângulo, Minas Gerais, Brasil. Ensaísta, criador e curador do projeto de pesquisa de poesia de línguas neolatinas Portuguesia: Minas entre os povos da mesma língua, antropologia de uma poética (Anome Livros - 2009), contra-antologia em livro-dvd com 101 poetas de Portugal, Guiné-Bissau, Cabo Verde, Brasil (Minas Gerais). Fundador e editor da Anome Livros, prêmio Jabuti/2009. Criador e curador do Encontro Internacional de Leitura, Vivência e Memória de Poesia Terças Poéticas (Belo Horizonte/MG/Brasil). Diretor, roteirista e apresentador do programa de poesia Tropofonia (Prêmio Roquette-Pinto/2010), rádio educativa 104,5 UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais). Curador do projeto Café com Poesia (Museu das Minas e do Metal, Belo Horizonte/MG/Brasil). Poesia traduzida e publicada em espanhol, inglês, francês, italiano, alemão, finlandês, húngaro. Criador e performer da Poesia Biossonora, apresentada no Brasil e Américas, Europa e África.

Mais informações: Fábrica de Retratos Comunicação – Ana Paula Valois e Misael Elias – (31) 3564 3897 / (31) 9301 4358 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Os Grandes projetos na Amazônia e seus impactos

De volta à Pangéia: um dos contos DESnaturalizados de Brenda Mar(que)s Pena do Imersão Latina