Pular para o conteúdo principal

Mercado Criativo traz a cultura do sertão mineiro hoje para a capital

Música, teatro, literatura, feira de artes e culinária típica do Norte de Minas estão na programação do evento que acontece no Mercado das Borboletas
mercado-criativo.3
Visitar a cultura mineira e valorizar a arte do Norte de Minas, Vale do Jequitinhonha e o Vale do Mucuri são algumas das oportunidades que o Mercado Criativo vai trazer ao público belorizontino nesse mês de junho. O evento que acontece no dia 16, a partir das 12h, no Mercado das Borboletas irá oferecer um dia inteiro de música, teatro, exposições, intervenções artísticas, culinária, feira de artes e moda.
Trazendo as notas musicais pra lá de especiais de regiões que mais se aproximam com a cultura nordestina, as apresentações dos músicos Wilson Dias (Norte de Minas), Dea Trancoso (Vale do Jequitinhonha) e Carlos Farias (Vale do Mucuri) fazem uma celebração da cultura do sertão mineiro.
01
Wilson Dias
dea
Dea Trancoso
03
Carlos Farias
Outra atração é a Exposição Literatura de Cordel que conta com a participação de vários convidados, dentre eles Gonçalo Ferreira da Silva, Presidente da Academia Brasileira de Literatura de Cordel, cordelista e autor de diversas obras de gênero.
04
Gonçalo Ferreira da Silva
Além dos olhos e ouvidos, o paladar vai poder sentir os sabores do Nordeste comcomidas e bebidas típicas da região. O teatro também estará no Mercado Criativo. O grupo Cia dos Aflitos vai apresentar a interpretação do Cordel "A Chegada da Prostituta do Céu", de J. Borges.
Captura
de Tela 2013-05-29 às 16.28.42
Cia. dos Aflitos
E intervenções poéticas serão realizadas por convidados ao longo do evento que ainda traz a Feira de Artes e Moda.
Para potencializar os artistas mineiros e fortalecer a cultura do estado, durante o evento será lançado o Edital de Seleção de Artistas para a Virada Cultural do Norte de Minas e dos Vales do Jequitinhonha e do Mucuri, que está prevista para acontecer em novembro desse ano, também no Mercado das Borboletas.
Outro momento de destaque do Mercado é a Inauguração do Espaço Areté Educar e Sala do Movimento Nacional de Direitos Humanos/ Minas (MNDH/Minas). O Espaço Areté Educar funcionará como um centro de convergência de projetos transformadores, catalizando ideias, ações e provocando a junção de pessoas comprometidas com as causas sociais de Minas Gerais, tendo a cultura como elemento aglutinador e multiplicador das experiências. O projeto será coordenado pelos conselheiros nacionais do MNDH, Gildázio Santos e Ana Lúcia Figueiredo, e promete uma agenda com varias realizações, dentre elas seminários, cursos, saraus, rodas de conversas, café filosóficos, café com direitos, noites dançantes, boleros, dentre outras atividades que visitarão a cultura de todo país.
O Mercado Criativo é realizado pelo Mercado das Borboletas e conta com o apoio de produtores culturais e artistas que integram a Incubadora de Arte e Negócios Sustentáveis.

Participe!

Serviço

Mercado Criativo
16 de junho, a partir das 12 horas
Local: Mercado das Borboletas - Av. Olegario Maciel, 742, 3º andar, Centro - Belo Horizonte/MG.
Entrada Franca

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tropofonia do IMEL ganha prêmio Roquette Pinto de rádio-arte!

"É com muita satisfação que a ARPUB e o MinC informam que o projeto Tropofonia: um laboratório de sons e sentidos, proposto pelo Instituto Imersão Latina - IMEL foi selecionado para receber o Prêmio Roqutette Pinto de Fomento à Produção de Programas Radiofônicos, na categoria rádio-arte/experimentação sonora."

COMISSÃO DE SELEÇÃO DO I PRÊMIO ROQUETTE- PINTO
ARPUB - Associação das Rádios Públicas do Brasil

"Nós do Instituto Imersão Latina (IMEL) e do Tropofonia recebemos esta notícia hoje e agradecemos a todos que participaram desse processo de construção coletiva do projeto até aqui. O programa Tropofonia agora será disponibilizado para circular pelas rádios comunitárias e educativas de todo o Brasil. Que essa onda se perpetue por todos os ares da América Latina!"
Brenda Marques Pena, Presidente do Instituto Imersão Latina

A Comissão de Seleção do I Concurso de Fomento à Produção de Programas Radiofônicos - Prêmio Roquette-Pinto foi composta pelos membros:

Patrick Torqua…

Os Grandes projetos na Amazônia e seus impactos

“Realizar uma grande aliança dos quem tem modos de vida ligados a terra, as águas e as florestas, povos indígenas,comunidades de camponeses e ribeirinhos e demais entidades sociais que sofrem os impactos dos grandes projetos na Amazônia e de quem se solidariza com eles, para estabelecer a resistência a diversos níveis, local, regional, nacional einternacional”, é o que sugere uma das conclusões do Seminário Internacional de Grandes Projetos na Amazônia e seus Impactos. As conclusões do Seminário foram publicadas no site do Cimi no último dia 6.


Eis a carta final do encontro:

Nós, membros de Movimentos Sociais e Organizações Indígenas da Amazônia Brasileira, Peruana e Boliviana e do Conselho Missionário Indigenista – Cimi, reunidos no “Seminário Internacional de Grandes Projetos na Amazônia e seus Impactos”, nos dias 2, 3 e 4 de junho de 2010, na cidade de Rio Branco, estado do Acre,

Considerando:

1) Que os grandes projetos da IIRSA(Iniciativa para Integração da Infra-Estrutura da América …

De volta à Pangéia: um dos contos DESnaturalizados de Brenda Mar(que)s Pena do Imersão Latina

De volta à Pangéia* Quem sabe a arte console hoje todos os corações solitários carentes da real beleza muda dos materiais e cores dos sonhos, como intocáveis desejos do querer. Esse era o último apelo de Péricles: viver um deja vu de emoções. Assim as lembranças tomavam o chá das onze com ele todos os dias, como se cada gota tivesse o gosto de um amigo ou amante distante. E foi assim todos os finais de noite, até que a terra se transformou novamente na Pangeia, quando não havia essa divisão entre continentes. E no meio desse emaranhado de terras Péricles viajou no tempo, provocando a erupção de mil vulcões até que a lavra do amor queimou para sempre os corpos…. Brenda Mar(que)s Pena durante lançamento de DESnaturalizados. Foto: Marja Marques *Miniconto do meu livro (DES)naturalizados. Exemplares à venda por R$ 15,00 no Coletivo Contorno (avenida do Contorno 4640 – sala 701, bairro Funcionários) e na Casa Leopoldina (rua Leopoldina 357, bairro Santo Antônio). Peça também pelo e-mail: co…