Fórum Mundial das Migrações vai ser esta semana em São Paulo com a presença de ativistas de direitos humanos de vários países


Ciranda.net

O encontro, que vai de 7 a 10 de julho na Universidade Zumbi dos Palmares e no Centro Esportivo e de Lazer Tietê, terá Pepe Mujica na abertura e dezenas de conferencistas convidados= em seis eixos de discussão

Falta pouco para a sétima edição do Fórum Social Mundial das Migrações (FSMM), que neste ano acontece em São Paulo. O encontro, que vai de 7 a 10 de julho na Universidade Zumbi dos Palmares e no Centro Esportivo e de Lazer Tietê, terá dezenas de conferencistas convidados, divididos em seis eixos de discussão.

Entre os convidados, estão dois ex-presidentes de países sul-americanos – Pepe Mujica, do Uruguai (a confirmar) e Ernesto Samper, da Colômbia – e especialistas e imigrantes de diversas nacionalidades. Veja a lista completa dos conferencistas que estarão nos debates dos seis eixos do Fórum (atualizada em 29/06 no site do Fórum):

Conferência inaugural 
7 de julho | às 18h
*Pepe Mujica | Foi presidente do Uruguai entre 2010 e 2015 e desde que deixou a presidência ocupa o cargo de senador. Mujica teve importante papel no combate a ditadura militar no Uruguai, sendo importante membro da guerrilha. Passou 14 anos na prisão devido aos seus atos revolucionários e foi solto com o final da ditadura, em 85.
*a confirmar
Marita Gonzales | Cientista política e professora da Universidade de Buenos Aires, também é coordenadora de Centrais Sindicais do Cone Sur (CCSCS).
Manuel Hidalgo | Presidente da Asociación de Inmigrantes por la Integración Lattinoamericana y del Caribe (APILA).
Eixo 1 “A crise sistêmica do modelo capitalista e suas consequências para as migrações”

8 de julho | 8:30h às 11h
Khadija Al Husseini | Ativista dos direitos humanos com especial interesse nos direitos das mulheres e refugiados, também foi presidenta do Comitê de Mulheres da Confederação Internacional dos Sindicatos Árabes (CISA).
Bela Feldman-Bianco | Antropóloga e Coordenadora do Comitê Migrações e Deslocamentos da Associação Brasileira de Antropologia (ABA) e representante da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência na Comissão Nacional de Imigração (CNIg).
Tomás Hirsch Goldschmidt | Ativista da luta não violenta durante a ditadura de Augusto Pinochet. Fundador e presidente do Partido Humanista do Chile na década de 90. Também foi candidato presidencial, em 2005, pela aliança de esquerda “Juntos Podemos Más”.
Moderador – Iván Gonzáles Alvarado | Coordenador Político da Confederação Sindical dos Trabalhadores das Américas (CSA), é especialista em temas de Direitos Humanos no mundo do trabalho.
Eixo 2 “Resistências e alternativas desde os sujeitos migrantes”

8 de julho | 14h às 16h
María Catalina López y Lopez | Ativista guatemalteca pelos direitos dos migrantes, integrou a XI Caravana de Madres Migrantes Centroamericanas en búsqueda de sus hijos. É professora com especialização em migração e interculturalidade, direitos humanos e saúde mental comunitária.
Annalisa Pensiero | Antropóloga e integrante do Movimento Humanista. Responsável desde 1999 até 2002 pelo projeto Oñondivepá (auto-organização comunitária), no Paraguai. Em 2001, criou o Fórum de Educadores Humanistas.
Sadou Harouna Diallo | Prefeito da cidade de Gao, capital do Mali, conhecida mundialmente pela forte presença de imigrantes e refugiados em trânsito.
Moderador – Luambo Pitchou | Formado em direito pela Universidade de Kisangani, em seu país de origem, a República Democrática do Congo. É coordenador do Grupo de Refugiados e Imigrantes Sem-teto de São Paulo (GRIST) e está no Brasil há seis anos.
Eixo 3 “Migração, gênero e corpo”

9 de julho | 14h às 16h
Aida Garcia Naranjo | Foi a primeira Ministra das Mulheres do Peru. Também atuou como embaixadora do Peru no Uruguai e foi representante permanente do país para o MERCOSUL e da Associação Latino-americana de Integração (ALADI).
Jobana Moya | Imigrante boliviana e integrante do movimento humanista desde o ano 2000. Ativista pelos direitos dos imigrantes no Brasil desde 2008, e uma das fundadoras Equipe de Base Warmis, em 2013.
Hortence Mbuyi Mawanza | Congolêsa formada em direito econômico e social pela universidade de Kinshasha.
Moderadora – Valeria España | Advogada com mestrado e doutorado em Direitos Humanos pela Universidade Nacional de Lanús, em Buenos Aires. Já foi consultora do Instituto de Políticas Públicas e Direitos Humanos do MERCOSUL.
Eixo 4 “Migração, os direitos da mãe natureza, o clima e as disputas Norte-Sul”

Dia 9 | 14h às 16h
Paulina Azevedo | Jornalista licenciada em Comunicação Social e formada em Direitos Humanos, autora do livro Desplazamiento Ambiental, Globalización y Cambio Climático: Una mirada desde los Derechos Humanos y de los Pueblos Indígenas (2014).
Suzane Melde | Coordenadora do projeto “Migração, ambiente e alterações climáticas: Indicação para política” (MECLEP) projeto da Organização Internacional das Migrações (OIM), em Berlim, Alemanha.
Sabrina Haboba | Cientista política e assessora da Secretaria de Relações Internacionais da Central dos Trabalhadores Autônoma da Argentina (CTA-Autônoma).
Moderador – Ricardo Burrantino Feliz | Professor de direito internacional, já atuou como advogado no convênio ACNUR/ONU e CONARE (Comitê Nacional para Reugiados), no Centro de Refugiados da Caritas Arquidiocesana de São Paulo.
Eixo 5 “Direitos Humanos, moradia, trabalho decente, participação política e movimentos sociais”

8 de julho | 14h às 16h
Pablo Ceriani | Vice-presidente do Comitê de Trabalhos Migratórios da ONU Atualmente também é coordenador do Programa de Migrações e Asilo no Centro de Direitos Humanos da Universidade Nacional de Lanús (UNLA), na Argentina.
Deisy Ventura | Doutora em Direito Internacional e Mestre em Direito Comunitário e Europeu da Universidade de Paris 1, Panthéon-Sorbonne Professora da Faculdade de Saúde Pública (FSP) da USP.
Sergio Bassoli | Cientista Político e mestre em Direitos Humanos pela Universidade Sapienza de Roma. É membro do Conselho de Administração e secretário do Comitê de Cooperação Internacional da SOLIDAR.
Moderador – Paolo Parise | Diretor do Centro de Estudos Migratórios (CEM), uma das quatro instituições que compõem a Missão Paz.
Eixo 6 “Direito à cidade, inclusão social e cidadania de imigrantes”

9 de julho | 8h30 às 11h
Luz Patricia Correa | Atual coordenadora da Unidade Municipal de vítimas da Prefeitura de Medellín (Colômbia) , é a principal responsável por cuidar de vítimas na capital de Antioquia e uma das pessoas com mais experiência de trabalho com deslocados.
Rogério Sottilli | Mestre em História pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), ex Secretário Nacional de Direitos Humanos Foi secretário-executivo da Secretaria-Geral da Presidência da República e secretário-executivo da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República
Veronica Yujra | Boliviana residente no Brasil, dentista trabalhadora da saúde pública. Ativista no movimento de Direitos do Imigrante à Saúde e Educação desde 2008. Idealizou e fundou, em 2012, o Projeto Sí, Yo Puedo!.
Moderador – Raul Delgado Wisse | É doutor em Ciências Sociais pela Universidade da Pensilvânia, professor na Universidade de Zacateca, no México, e membro do Comitê Internacional do Fórum Mundial Social das Migrações.
Assembléia de movimentos e aprovação do documento

10 de julho | 9h às 12h
Ernesto Samper | Secretário Geral da União das Nações Sul-Americanas (UNASUL) e ex-presidente da Colômbia
Outras atividades
Além das conferências organizadas em torno dos seis eixos principais, o Fórum terá ainda uma série de atividades paralelas acontecendo ao longo do evento, debatendo outros temas relacionados à temática migratória – rodas de conversa, workshops culturais, projeções audiovisuais, entre outras.
Uma dessas atividades paralelas dentro do Fórum é uma mesa redonda sobre a cobertura jornalística em zonas de conflitos, organizada pela agência Pressenza e pelo coletivo Quatro V, que acontece no dia 09 de julho, a partir das 11h. Para ter maiores informações e se inscrever basta clicar aqui.
Outro debate, este organizado pela Equipe de Base Warmis, vai tratar de como os diversos conflitos mundo afora têm efeitos sobre as migrações, tanto em escala local como global. A roda de conversa acontece no dia 08 de julho, a partir das 16h – clique aqui para mais informações.
VII Fórum Social Mundial das Migrações (FSMM/WSFM)
Data: de 7 a 10 de julho de 2016
Local: Faculdade Zumbi dos Palmares – Av. Santos Dumont, 843 – São Paulo (próximo à estação Armênia do metrô)

Inscrições: a partir de R$ 25. Mais informações no site do Fórum
Outras informações: secretaria técnica do FSMM – (11) 2384-2275/79 e contato.fsmm2016@gmail.com
Com informações do site oficial do FSMM

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Os Grandes projetos na Amazônia e seus impactos

De volta à Pangéia: um dos contos DESnaturalizados de Brenda Mar(que)s Pena do Imersão Latina