#NiUnaMenos - Belo Horizonte se soma à onda latino-americana por Ni Una Menos

Rapper Bárbara Sweet - Foto: Mídia Ninja
Na última quarta-feira (19), milhares de mulheres na América Latina e Europa foram às ruas contra o feminicídio e a violência machista, México, Guatemala, Bolívia, Chile, Paraguay, Uruguay, Brasil, Espanha, França e outros países saíram às ruas para dizer não à violência de gênero. Belo Horizonte, seguindo a movida feminista de mobilizações que tomou conta do mês de outubro, convoca as mulheres a ocuparem a Praça Afonso Arinos, no dia 27 de outubro, às 18 horas para o ato Ni Una Menos.

 Ativista - Foto: Mídia Ninja
A construção do ato é coletiva, e se somam diversos movimentos feministas e mulheres da capital mineira. As mobilizações começaram após o caso de feminicídio de Lucía Pérez, jovem de 16 anos que foi drogada, estuprada, empalada e assassinada em Mar del Plata, Argentina, poucos dias depois do 31º Encuentro Nacional de Mujeres, mobilização feminista do país que reuniu mais de 70 mil mulheres. Com o chamado de “nosotras paramos”, o país teve atos em várias cidades e um dia inteiro de atividades de conscientização sobre o tema.

Reforçando o caráter contínuo do movimento Ni Una Menos, que surgiu em no dia 3 de junho de 2015 com a situação alarmante da Argentina, e teve mais de 80 cidades participantes e se repetiu em 2016, nos dias 3 de junho e 19 de outubro, as mulheres belorizontinas reforçam o sentimento de sororidade e de unidade latino-americana dando mais corpo e voz a esta luta, que já transpôs barreiras de países.

Informações:
Nome do Evento: Ni Una Menos em BH
Data: 27/10/2016
Horário: 18 horas
Local: Praça Afonso Arinos

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Os Grandes projetos na Amazônia e seus impactos

De volta à Pangéia: um dos contos DESnaturalizados de Brenda Mar(que)s Pena do Imersão Latina