Manifestações e shows marcam a comemoração do dia Internacional das Mulheres em Belo Horizonte


Este ano, o 8 de março será marcado por um grande ato em Belo Horizonte, unificando movimentos feministas e sociais da capital e do interior. Além das manifestações, a casa de shows Matriz receberá bandas como o trio feminino Cáustica, e a banda Cuatro, além de atrações como DJs e outras apresentações culturais que chamam a atenção para a produção cultural feita por mulheres. Com o nome de “As mulheres gostam”, os shows acontecerão no dia 08 de março, quinta- feira, às 22 horas no matriz como finalização das atividades que acontecerão durante o dia. O ato também será no dia 8, com concentração às 15h, na região central da cidade.

A Banda Cáustica irá lançar, no dia Internacional das Mulheres, o projeto “Musas e Medusas” que irá compor o site de patrocínio coletivo Movere.me. A banda aposta na mobilização que essa data representa para viabilizar seu projeto de gravação de CD de forma coletiva e também chamar a atenção para o som feito por mulheres. Além de suas incursões em outras linguagens artísticas, as integrantes da Cáustica têm trazido um pouco das experiências do Universo feminino para suas composições. As Cáusticas querem, com o “Musas e Medusas”, trazer uma outra perspectiva para as mulheres enquanto compositoras ou “criadoras” e, por isso, realizarão o lançamento do projeto no dia 08 de março. Para conhecer o projeto e colaborar com sua realização basta acessar: http://movere.me/projeto/94-musas-e-medusas/

Banda Cáustica

Musas e Medusas é o nome do trabalho atual da Banda Cáustica, trio feminino que aposta no lugar fronteiriço entre o Rock e outras vertentes musicais. O EP surgiu da pesquisa sonora e poética que procura trazer à tona angústias e experiências do universo feminino com a sutileza típica das mulheres Cáusticas. Sem medo das contradições, as Cáusticas corroem o jazz, o pop e o rock em busca de uma sonoridade única e de uma dissolução capaz de contagiar estarrecer o público ao mesmo tempo.

Com este EP com 4 músicas de divulgação, lançado em 2011, a Cáustica passou a figurar, em segundo lugar, na lista dos 10 mais tocados do portal Toque no Brasil ao lado de bandas como Macaco Bong e Black Drawing Chalks. Além disso, seu novo trabalho juntamente com o lançamento do seu vídeo clipe foi apresentado, também, no dia 03 de dezembro na virada cultural do mercado das borboletas juntando forças as comemorações de seis anos do Instituto Imersão Latina. E agora a banda lança seu projeto de gravação de pelo menos 10 músicas para o CD “Musas e Medusas”, no site de patrocínio coletivo Movere.me como forma de comemorar o dia internacional das mulheres.

A Cáustica é formada por Brenda Mars (bateria), Pâmilla Villas Boas (guitarra e voz) e Polly Alves (baixo). Com esta formação a Cáustica se apresentou em 2011 no Domina Music Festival em SP abrindo o show da banda Matanza e lançou seu EP no Festival Let's go em Belo Horizonte. A Cáustica aposta também na parceria com o Centro Cultural Nem Secos onde gravou seu primeiro trabalho e realizou apresentações e performances. Em novembro do mesmo ano tocou nas três noites Fora do Eixo de Porto Seguro, inaugurando uma nova rota de festivais de música independente. Em junho tocou no Money Festival, na Lapa, Rio de Janeiro e em abril, a Cáustica fez um pocket show durante a Feira Brasileira de Eventos, na Serraria Souza Pinto, despertando a atenção de produtores, público e outros artistas. Se apresentou também no Festival Riot Grrrl's Not Dead que tem a proposta de integrar ativismo feminista e música e no mais novo espaço para a cultura rock em BH, o Holandes Voador Rock Bar.

Em 2010, se apresentou na edição de Belo Horizonte do festival internacional Lady Fest, ao lado de bandas femininas como Dominatrix e na praça da Estação de Itabirito, no sábado de Carnaval, no Festival Grito Rock, o maior festival integrado da América Latina, realizado em 9 países: Brasil, Uruguai, Bolívia, Chile, Panama, Costa Rica, Honduras e El Salvador.


Ato Público

O ato também a ser realizado no dia 8 de março com concentração às 15h, na região central da cidade, irá tocar em três grandes temáticas: Violência, que engloba a violência de gênero, mas também a violência institucional contra os movimentos sociais, afetando especialmente as mulheres e suas famílias; a luta pela Educação Infantil, que exige a universalização das creches públicas e a valorização das educadoras. Com o lema "Nosso corpo nos pertence", as feministas irão abordar também a luta pela descriminalização e legalização do aborto, que é a quarta causa de morte feminina no Brasil.

Além disso, as manifestantes irão exigir dos governos municipal, estadual e federal políticas efetivas para acabar com a violência sexista e melhorar as condições de vida da mulher trabalhadora e sua família.

Compõem a organização do ato, em MG: Marcha Mundial de Mulheres, Movimento Mulheres em Luta/CSP-Conlutas, MST, Movimento de Atingidos por Barragens (MAB), Via Campesina, Associação Lésbica de Minas Gerais, Rede Feminista de Saúde, CUT-MG, Sind-Rede/BH, Quilombo Raça e Classe, Assembleia Nacional de Estudantes Livre, entre outras organizações.


Serviço:

BELO HORIZONTE
Show “Mulheres Gostam”
08 de março de 2012 às 22 horas
Local: Matriz – Rua Guajajaras, 1353
Ingressos antecipados a 10 reais

Ato público
08 de março de 2012
Concentração às 15 horas na região central

Banda Cáustica
caustica.com.br

Escute: http://www.myspace.com/bandacaustica
http://pamillaribeiro.tnb.art.br/
Discuta: http://musicadefronteira.blogspot.com/
www.facebook.com/bandacaustica

Contatos para entrevistas:
caustica@caustica.com.br
(31) 87492044 / (31) 32276869

Comentários